PERC

Estado consegue reaver R$ 200 mi em dívidas

Do total, R$ 120 milhões já foram recolhidos e o restante será parcelado pelas empresas

Sílvio Costa na Cidade de Belo JardimSílvio Costa na Cidade de Belo Jardim - Foto: divulgação

Cerca de R$ 200 milhões em dívidas foram recuperados pelo Programa Especial de Recuperação de Créditos Tributários (PERC) da Secretaria da Fazenda de Pernambuco. Do total, R$ 120 milhões já foram recolhidos e o restante será parcelado pelas empresas. O resultado supera a meta inicial do PERC, que era de recolher entre R$ 120 milhões e R$ 150 milhões.

O resultado deve-se às condições disponibilizadas pelo programa, como a redução de multas e juros e o parcelamento do débito. Outro fator que influenciou na superação da meta foram as rodadas de negociação feitas pelo secretário da Fazenda, Marcelo Barros, e pelo Procurador Geral do Estado, César Caúla, com os diretores de grandes empresas que têm unidades em Pernambuco. “Sentamos com os representantes das empresas, pessoas com poder de decisão, e explicamos todas as vantagens do programa”, explica o secretário da Fazenda, Marcelo Barros.

A mesma dinâmica está sendo replicada pelos diretores regionais da Sefaz-PE e pelos procuradores do Estado com as empresas de menor porte que estão espalhadas pelo Estado. O período de adesão ao PERC vai até o dia 30 de novembro e as dívidas podem ser parceladas em até 24 vezes, com descontos de até 95% nas multas e até 85% nos juros.

Veja também

Pix terá serviço de cobrança semelhante a boleto
pix

Pix terá serviço de cobrança semelhante a boleto

Bolsa reage e volta a subir após quatro sessões de queda
BOLSA DE VALORES

Bolsa reage e volta a subir após quatro sessões de queda