Luto

Estado perde Austriclinio Corte Real

Empresário faleceu na tarde desta segunda-feira (21). Fiepe declarou luto de três dias

Faleceu na tarde ontem o fundador da Construtora A. B. Corte Real, Austriclinio Borges Corte Real. O velório acontece hoje, das 8h às 12h, no Cemitério Morada da Paz, em Paulista, Região Metropolitana do Recife. Além do velório, também será realizada a cremação no local. 

O empresário sempre foi um engenheiro além do seu tempo e ocupou cargos importantes. Austriclinio Borges Corte Real já foi diretor do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai); da Federação das Indústrias de Pernambuco (Fiepe); da Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf). 

Além de atuar como diretor, ele também presidiu instituições como o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Pernambuco (Crea-PE); o Sindicato da Indústria da Construção Civil (Sinduscon/PE); a Companhia Editora de Pernambuco (Cepe); e do Instituto de Previdência dos Servidores (Ipsep).

Austriclinio deixa a esposa, Peggy Corte Real, além de 4 filhos, 12 netos e 22 bisnetos. 

Por meio de uma rede social, Jorge Corte Real, um dos filhos de Austriclinio, prestou homenagem ao pai. “Hoje perdi a pessoa em que me inspirei por toda a minha vida, perdi o meu amigo, o meu conselheiro, o meu guia. Meu pai, que sempre foi o exemplo para todos os filhos, fundou a construtora A. B. Corte Real em 1956, com visão além do seu tempo. Ele nos deixou com a certeza de que seu legado será sempre honrado”, disse.

Luto oficial
A Fiepe, por meio de nota assinada pelo presidente Ricardo Essinger, destacou o papel de Austriclinio no desenvolvimento econômico do Estado. “Lamentamos profundamente esta perda e destacamos que a sua trajetória sempre será lembrada e exaltada por toda nossa história. Em respeito a este momento, a Fiepe decreta três dias de luto oficial e se solidariza aos familiares neste momento de profunda tristeza”.

Veja também

Emprego com carteira no setor privado aumenta em 335 mil vagas em um trimestre, aponta IBGE
BRASIL

Emprego com carteira no setor privado aumenta em 335 mil vagas em um trimestre, aponta IBGE

Consumidores europeus questionam modelo de pagamento da Meta, que chamam de "cortina de fumaça"
privacidade

Consumidores europeus questionam modelo de pagamento da Meta, que chamam de "cortina de fumaça"