SERVIÇOS PÚBLICOS

Estratégia de avaliação dos serviços públicos é apresentada aos servidores da Prefeitura do Recife

Ferramenta permitirá, além da transparência, a tomada de decisões

Foto: Divulgação/PCR

A Controladoria-Geral do Município e a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação apresentaram, nesta terça-feira (26), a nova estratégia de análise do sentimento da população em relação à prestação dos serviços públicos.

A medida, que está em conformidade com a Lei Federal nº 13.460/2017, estabelece o direito do cidadão de participar ativamente da avaliação da qualidade dos serviços públicos. Estiveram presentes no evento mais de 120 servidores, incluindo autoridades de transparência, interlocutores de ouvidoria e agentes de governança.

A nova ferramenta permitirá, além da transparência, a tomada de decisões para a melhoria da prestação dos serviços públicos municipais. Para isso, será desenvolvida uma nova ferramenta, a cargo da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação, denominada Ouvidoria 4.0.

A plataforma fará a análise do sentimento da população em relação aos serviços prestados pela gestão municipal, por meio do cruzamento dos dados registrados em todos os canais de atendimento que a prefeitura possui atualmente, como a Ouvidoria Geral, Conecta Recife e Ouvidoria SUS.

O resultado será a geração de relatórios diários que poderão ser acompanhados, por exemplo, pelo prefeito, secretários e presidentes de órgãos e autarquias, apoiando na tomada de decisão.

No encontro de hoje, foi discutida a estratégia de implantação, realizado o levantamento de informações sobre a prestação dos serviços ofertados e apontados os diversos canais que funcionam como porta de entrada da avaliação da população, que pode ser o atendimento presencial, site, um chat no WhatsApp ou, ainda, pela Ouvidoria Geral.

De acordo com o secretário executivo de Transformação Digital, Felipe Cadena, a nova metodologia fará uso da Inteligência Artificial para entender como a população se sente ao demandar os serviços da prefeitura.

"Levamos bastante a sério a avaliação que a população faz a respeito dos serviços que prestamos. Por isso, por meio da Ouvidoria 4.0, vamos sistematizar, entender esse sentimento e dar um encaminhamento mais adequado para as demandas que recebemos pelos diversos canais, podendo, assim, melhorar ainda mais a prestação do nosso serviço", explica.

"Este evento é um momento de extrema importância para nossa cidade. A aproximação entre o usuário do serviço público e a administração municipal é um caminho sem volta na construção de um modelo de prestação de serviços eficiente e efetivo. E, necessariamente, isso perpassa pela ampliação do controle social através do uso intensivo de tecnologia. Com isso vamos garantir uma entrega cada vez melhor ao povo do Recife", pontuou Ricardo Dantas, Controlador-Geral do Município.

 

Veja também

Governo quer que Petrobras aguarde antes de subir preço dos combustíveis por crise no Oriente Médio
Crise no Oriente Médio

Governo quer que Petrobras aguarde antes de subir preço

Salário mínimo em 2028 é de R$ 1.772, esclarece secretário do Orçamento
Salário

Salário mínimo em 2028 é de R$ 1.772, esclarece secretário do Orçamento

Newsletter