EUA planeja isentar Austrália de tarifas sobre aço e alumínio

O presidente também isentou Canadá e México, países que renegociam com os Estados Unidos o Tratado de Livre Comércio da América do Norte (Nafta)

Donald Trump, presidente dos EUADonald Trump, presidente dos EUA - Foto: Mandel Ngan/AFP

 

Os Estados Unidos trabalham para isentar seu aliado australiano das recentes tarifas sobre as importações de aço e alumínio, revelou nesta sexta-feira (9) o presidente americano, Donald Trump.
"Falei com o primeiro-ministro australiano @TurnbullMalcolm. Está decidido a ter uma relação militar e comercial muito justa e recíproca", escreveu Trump no Twitter. "Trabalhamos para um acordo sobre segurança em breve, para que não tenhamos que impor tarifas sobre o aço e o alumínio do nosso aliado: a grande nação australiana!", revelou Trump, sem dar maiores detalhes.

Trump reavivou na quinta-feira o fantasma de uma guerra comercial entre Estados Unidos e vários de seus aliados, ao adotar tarifas sobre às importações de aço e de alumínio de 25% e 10%, respectivamente.
O presidente também isentou Canadá e México, países que renegociam com os Estados Unidos o Tratado de Livre Comércio da América do Norte (Nafta).
"Temos ótimas relações com a Austrália, temos um superávit comercial com a Austrália, um país formidável, um sócio há muito tempo. Faremos algo com eles", tuitou Trump.

 

Veja também

Imprevisto com o pneu: o que fazer?
Veículos

Imprevisto com o pneu: o que fazer?

Confiança de serviços volta a cair depois de cinco altas, diz FGV
Economia

Confiança de serviços volta a cair depois de cinco altas, diz FGV