Exportação de carros cai 45% no primeiro quadrimestre puxada por crise argentina, diz Anfavea

Os números recuaram em todas as bases de comparação apresentadas: em abril, a queda foi de 10,5% na comparação com março

VeículosVeículos - Foto: Arquivo/Agência Brasil

As exportações de veículos no Brasil seguem apanhando devido à crise argentina. De acordo com dados da Anfavea (associação das montadoras instaladas no país) divulgados nesta terça-feira (7), os números recuaram em todas as bases de comparação apresentadas: em abril, a queda foi de 10,5% na comparação com março.

Já em relação com o mesmo mês de 2018, o recuo chegou a 52,3%. No fechamento do primeiro quadrimestre, a retração foi de 45%, segundo a associação.

Leia também:
Venda de veículos sobe 12% nos primeiros quatro meses de 2019
Crise na Argentina deve prejudicar exportação de veículos, diz Anfavea


"A Argentina continua sendo um desafio. O cenário não é positivo para a Argentina e isso afeta diretamente o nosso negócio aqui no Brasil", disse o presidente da associação, Luiz Carlos Moraes.

Em relação à produção, no fechamento dos quatro primeiros meses do ano, o saldo de veículos produzidos ficou em 965,4 mil, uma queda de 0,1% na comparação com o mesmo período do ano passado.

Entre março e abril de 2019, a produção cresceu 11,1%, enquanto na relação com abril de 2018, o avanço foi mais tímido e teve alta de 0,5%.

Veja também

Trabalhadores nascidos em novembro podem sacar auxílio emergencial
auxílio emergencial

Trabalhadores nascidos em novembro podem sacar auxílio emergencial

Pernambuco ganha lei que concede anistia de IPVA vencidos em 2020 para motos
QUITAÇÃO DE DÍVIDAS

Pernambuco ganha lei que concede anistia de IPVA vencidos em 2020 para motos