Exposição de Animais pode não acontecer este ano

De acordo com Sociedade Nordestina dos Criadores, governo estadual não pagou valor da edição passada. Situação do Parque de Exposição é de abandono.

Exposição de AnimaisExposição de Animais - Foto: Arquivo/Folha de Pernambuco

Datada para ocorrer entre 16 e 24 de novembro, a tradicional Exposição de Animais, que acontece no Parque de Exposições do Cordeiro há 77 edições, corre sério risco de não acontecer este ano. Um débito de R$770 mil da secretaria de Desenvolvimento Agrário de Pernambuco com a Sociedade Nordestina dos Criadores (SNC), entidade que promove o evento, inviabiliza a manutenção da atração, que faz parte do calendário de eventos oficiais do Estado.

“Sem o repasse referente ao ano passado, não temos como honrar o pagamento junto aos fornecedores. Mais de cem ainda não receberam os valores da edição passada”, revela o presidente da SNC, Delmiro Gouveia. De acordo com ele, além desse débito, a falta de manutenção por parte do governo estadual no Parque de Exposição também pode dificultar a realização do evento.

Leia também:
Exposição de Animais deve gerar R$ 20 milhões
Exposição de animais movimenta o Parque do Cordeiro   

“Falta pintura, capinação, segurança. O parque está abandonado. Para que possamos viabilizar a exposição, seria necessário o repasse da verba atrasada, assim como o aporte que cabe ao governo dentro de no máximo dez dias para que o evento possa ocorrer. Afinal, os animais, que vêm de São Paulo, Minas Gerais e outras partes do País, não chegam no dia que começa a exposição”, revela Gouveia.

Ainda segundo o presidente, há meses a Sociedade Nordestina dos Criadores entra em contato com a secretaria de Agricultura para cobrar o pagamento em atraso, assim como o valor desta edição, no entanto, nenhuma resposta concreta foi dada até o momento. “Sempre dizem que estão vendo, mas até o momento, nada foi feito”, completa.

Por nota, a secretaria de Desenvolvimento Agrário afirma que foi procurada uma vez pela Sociedade Nordestina dos Criadores, em abril, mas para uma visita de cortesia, sem que qualquer demanda financeira fosse apresentada. “Até o momento, a única demanda recebida em relação à Exposição de Animais deste ano foi a reserva do Parque de Exposições do Cordeiro para a realização do evento.

A Secretaria lembra ainda que a própria sede da Sociedade Nordestina dos Criadores ocupa espaço cedido, sem ônus, no Parque de Exposições do Cordeiro, de propriedade do Estado”, diz o documento, que finaliza afirmando estar de portas abertas para discutir as demandas de toda a cadeia produtiva do setor agropecuário pernambucano.

Veja também

Ninguém acerta a Mega-Sena, e prêmio principal acumula em R$ 7 milhões
LOTERIA

Ninguém acerta a Mega-Sena, e prêmio acumula em R$ 7 milhões

Famílias aproveitam queda nos juros para comprar casa própria mais cara
CASA PRÓPRIA

Famílias aproveitam queda nos juros para comprar casa própria mais cara