GOIANA

Fábrica da Jeep anuncia terceiro turno e abre 1,5 mil empregos

Com o acréscimo do terceiro turno, a capacidade produtiva sobe para 250 mil veículos

Visita do presidente Michel Temer à fábrica da JeepVisita do presidente Michel Temer à fábrica da Jeep - Foto: Anderson Stevens/Folha de Pernambuco

A fábrica da Jeep em Goiana, inaugurada em 2015 na Zona da Mata Norte de Pernambuco funcionará durante 24 horas por dia.  A abertura de um terceiro turno foi anunciada nesta sexta-feira (23). A expectativa é de que, com a medida, a capacidade produtiva suba para 250 mil veículos. "Acrescentar um turno à produção significa abrir mais 1,5 mil novos postos de trabalho entre a fábrica e os parques de fornecedores", anunciou o presidente da Fiat Chrysler Automobiles, Sergio Marchionne, durante a visita do presidente Michel Temer.

No ano passado, 179 mil veículos foram produzidos. Hoje 12 mil pessoas estão empregadas pela Jeep, entre parques de fornecedores, fábrica e terceirizados. O presidente da fábrica afirmou que o Brasil é um mercado de destaque nos planos de desenvolvimento internacional da companhia. "Pernambuco veio para ficar", frisou. 

Leia também:
Michel Temer visita fábrica da Jeep antes de discursar
Michel Temer chega a Goiana acompanhado de ministros, Câmara e FBC
Fiat Chrysler Automobiles ganha novo dirigente na América Latina

Após a visita, o presidente seguiu para a fábrica da Hemobrás, onde fez um discurso sobre o assunto. "É com uma satisfação extraordinária que venho aqui. Em face da recuperação da economia brasileira a Fiat acabou de inaugurar um terceiro turno abrindo mais de 1.500 empregos. E isto realmente é uma coisa importante", comemorou.

Veja também

Google é "esnobado" em oferta pela Wiz, empresa de cibersegurança
negócios

Google é "esnobado" em oferta pela Wiz, empresa de cibersegurança

Como as criptomoedas influenciam a cultura pop
CONTEÚDO DE MARCA

Como as criptomoedas influenciam a cultura pop

Newsletter