Fatura do cartão de crédito pode vir com taxa de câmbio do dia da compra

A nova possibilidade depende, segundo o Banco Central, de o emissor de cartão fazer a oferta e o cliente aceitar

Humberto Costa e Adriana RochaHumberto Costa e Adriana Rocha - Foto: Arquivo

O cliente que fez compras em moeda estrangeira pode ter a opção de pagar a fatura do cartão de crédito internacional com a conversão do dólar referente à data de cada compra, de acordo com decisão do Banco Central divulgada nesta quarta-feira (23).

A nova possibilidade depende, segundo o Banco Central, de o emissor de cartão fazer a oferta e o cliente aceitar. O pagamento do valor equivalente em reais na data do pagamento da fatura, única possibilidade existente até essa mudança, será mantida, de acordo com o governo.

"Deve obrigatoriamente ser ofertada ao cliente a sistemática de a fatura ser paga pelo valor equivalente em reais do dia do pagamento da fatura, sendo também permitido o oferecimento de sistemática alternativa ao cliente de a fatura poder ser paga pelo valor equivalente em reais da data de cada gasto, observado que a adoção dessa última sistemática está condicionada a manifestação de interesse pelo cliente", informa o documento do Banco Central.

O governo informou, ainda, que ampliou as formas de pagamento para aquisição de bens e serviços no exterior por meio de empresas que prestam serviço de pagamento internacional de comércio eletrônico. Antes, de acordo com o Banco Central, o único meio permitido era o cartão de uso internacional. "Agora, a transferência bancária e o cartão de uso doméstico ou internacional podem ser usados para esse fim", diz a nota.

Veja também

Receita recebe 438 mil declarações do IR no primeiro dia de entrega
Economia

Receita recebe 438 mil declarações do IR no primeiro dia de entrega

Bolsonaro anuncia decreto para zerar impostos federais do diesel e gás de cozinha
Economia

Bolsonaro anuncia decreto para zerar impostos federais do diesel e gás de cozinha