Faturamento da indústria aumentou 0,5% em fevereiro, mostra CNI

Conforme a pesquisa, as horas trabalhadas na produção caíram 0,5% em fevereiro frente a janeiro, na série de dados dessazonalizados, interrompendo uma sequência de três resultados positivos. Na comparação com fevereiro do ano passado, as horas trabalhadas

A ociosidade no setor continua elevada e estoques estão acima do planejado, segundo a pesquisaA ociosidade no setor continua elevada e estoques estão acima do planejado, segundo a pesquisa - Foto: Pixabay

Depois de dois meses consecutivos de queda, o faturamento da indústria aumentou 0,5% em fevereiro na comparação com janeiro, na série livre de influências sazonais, informou hoje (2) a Confederação Nacional da Indústria (CNI).

Na comparação com fevereiro de 2017, o faturamento real subiu 6,5% de acordo com os Indicadores Industriais.

Leia também:
Confiança da indústria atinge em março o maior nível desde agosto de 2013
CNI apresenta ações prioritárias para ampliar inserção do Brasil no exterior

Conforme a pesquisa, as horas trabalhadas na produção caíram 0,5% em fevereiro frente a janeiro, na série de dados dessazonalizados, interrompendo uma sequência de três resultados positivos. Na comparação com fevereiro do ano passado, as horas trabalhadas na produção cresceram 1%.

O nível de utilização da capacidade instalada ficou em 78%, praticamente o mesmo de janeiro (78,1%), e está 1,4 ponto percentual acima do registrado em fevereiro de 2017.

Segundo a CNI, o levantamento mostra ainda que o emprego continua se recuperando. O indicador de emprego subiu 0,1% em fevereiro frente a janeiro na série livre de influências sazonais. Em relação a fevereiro do ano passado, o emprego aumentou 0,5%. "

A massa real de salários aumentou 1,2% e o rendimento médio real do trabalhador cresceu 1,8% em fevereiro frente a janeiro na série dessazonalizada. Na comparação com fevereiro de 2017, a massa real de salários subiu 3,4% e o rendimento médio real, 2,9%

Veja também

Estado com poucos cadastros sociais teve menos auxílio
Auxílio Emergencial

Estado com poucos cadastros sociais teve menos auxílio

Brasil pode ficar impedido de refinanciar dívida se não fizer reformas, diz governo
Economia

Brasil pode ficar impedido de refinanciar dívida se não fizer reformas, diz governo