Fenaban retoma negociação com bancários

Com um mês de greve, bancos aumentaram a proposta de reajuste para 8%.

Em Um Mundo Interior Em Um Mundo Interior  - Foto: YouTube / Reprodução

A presidente do Sindicato dos Bancários de Pernambuco, Suzineide Rodrigues, informou, no final da noite desta quarta-feira (5), que a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) aceitou conceder o abono em 100% dos dias parados. A exigência foi deita pelo Comando Nacional à patronal na 11ª rodada de negociação, que durou mais de cinco horas em São Paulo. A greve da categoria completou um mês nessa quarta.

A Fenaban apresentou proposta de reajuste para 2016 de 8%; abono de R$ 3,5 mil; 15% de aumento no vale alimentação; 10%, no vale refeição; 10%, no auxílio creche-babá; e licença paternidade de 20 dias. Para 2017, reajuste INPC mais 1% de aumento real nos salários e em todas as verbas. As negociações continuam junto à Caixa Econômica Federal (CEF), Banco do Brasil (BB) e Banco do Nordeste do Brasil (BNB). 

A categoria - que pedia reajuste de 14,78% para ter a reposição da inflação de 9,78% mais ganho real de 5% - mostrou-se favorável a pelo menos analisar a proposta em assembleias, que devem ocorrer nesta quinta-feira (6) nos estados.

Veja também

Falta de insumos e fornecedores atinge 30% das empresas
Pesquisa

Falta de insumos e fornecedores atinge 30% das empresas

Resgates superam investimentos no Tesouro Direto em R$ 168,48 milhões
Economia

Resgates superam investimentos no Tesouro Direto em R$ 168,48 milhões