Fiscalização apreende mais de mil produtos de Carnaval impróprios

Equipes do Procon estarão de plantão durante a folia para atender os consumidores

Operação SerpentinaOperação Serpentina - Foto: Divulgação/Procon-PE

Produtos carnavalescos como máscaras, lança confete, serpentinas metálicas e glitters impróprios para o consumo foram apreendidos pela Operação Serpentina, realizada pelo Procon-PE durante esta semana pré-carnavalesca. Segundo o órgãos, os fiscais retiraram ao todo 1.156 itens de lojas de adereços.

Em uma loja localizada no bairro da Torre, na Zona Oeste do Recife, foram retiradas das prateleiras 75 máscaras, sem informação precisa sobre a composição, o que pode trazer riscos à saúde, e 1.018 tubos de lança confete, com serpentina metálica, sem selo do Inmetro. Já em um outro estabelecimento no Shopping RioMar, no bairro do Pina, na Zona Sul da capital pernambucana, foram 63 pacotes de glitter, sem informações sobre composição.

Leia também:
Polícia Rodoviária Federal inicia Operação Carnaval nesta sexta-feira
Saiba o itinerário do seu ônibus neste Carnaval

Para os dias da folia, o Procon montou esquema especial com estrutura montada na praça do Arsenal, no Bairro do Recife, área central do Recife. Fiscais estarão de plantão até a Terça-Feira Gorda (25), sempre das 16h às 22h, realizando fiscalizações, orientações e recebendo reclamações de consumidores que se sentirem lesados. As equipes terão fiscais, educadores e assessores jurídicos.

Confira dicas do Procon para o Carnaval

- prefira estacionamentos regulares como Zona Azul ou os privados e guarde o comprovante para eventuais queixas;
- verificar sempre a validade dos produtos;
- compare preços;
- verifique se os brinquedos como spray com buzinas e espuma artificiais possuem selo do Inmetro;
- guardar os anúncios e propagandas dos eventos, bem como recibos e comprovante de pagamento, caso precise reclamar;
- na compra virtual, imprima a página e guarde-a por segurança;
- é proibida cobrança de taxa mínima de consumo;
- a cobrança de táxi deve ser feita pelo taxímetro;
- os bares precisam avisar caso seja cobrado o preço para ficar mesa. Se a mesa estiver em calçadas ou qualquer outro espaço público, não pode haver cobrança.

Veja também

Pagamento de indenizações do DPVAT passa a ser feito pela CEF
Seguro

Pagamento de indenizações do DPVAT passa a ser feito pela CEF

É cedo para dizer se haverá depreciação de carros da Ford após fechamento de fábricas
Ford

É cedo para dizer se haverá depreciação de carros da Ford após fechamento de fábricas