Economia

Fiscalização no Aeroporto do Recife notifica Avianca e outras companhias

Operação da Secretaria de Justiça e Direitos Humanos e do Procon/PE teve o objetivo de diminuir impactos por conta do cancelamento dos voos pela Avianca

Fiscalização do Procon/PE no Aeroporto do RecifeFiscalização do Procon/PE no Aeroporto do Recife - Foto: Léo Malafaia / Folha de Pernambuco

Com o objetivo de minimizar os impactos aos consumidores devido aos cancelamentos de voos da Avianca Brasil, a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos e o Procon/PE realizaram uma fiscalização no Aeroporto do Recife nesta sexta-feira (26) para que as operadoras apresentem os números de voos de acentos disponíveis para as cidades de São Paulo, Petrolina, Salvador e Brasília, que são destinos cancelados pela Avianca a partir do Recife.

A Avianca foi uma das empresas que mais recebeu a fiscalização, para que a companhia preste assistência aos clientes e cumpram com os valores apresentados na planilha.

As companhias Gol, Azul e Latam também foram notificadas a prestarem esclarecimentos sobre os preços aplicados nas passagens aéreas. Durante a fiscalização, também foi exigida alternativas para que passageiros não tenham prejuízos quanto aos cancelamentos de voos da Avianca Brasil.

Leia também:
Azul desiste de oferta pela Avianca e acusa concorrentes de protecionismo
Anac vai desativar postos de atendimento presencial no Recife e outros 14 aeroportos

De acordo com a secretaria executiva do direito do consumidor do Procon, Mariana Pontual, cerca de 16 voos foram cancelados somente na sexta-feira (26), e o órgão irá trabalhar para ver os assentos que estão disponíveis. "Vamos tentar ver se a gente consegue realocar esse pessoal, para eles seguirem viagem. A gente orienta que as empresas cumpram com as obrigações, e apresentem soluções viáveis, fazendo uma pressão. Nosso objetivo aqui é o acordo, para que seja evitada uma possível indenização", disse.

Caso seja detectada alguma irregularidade, as companhias podem ser multadas em valores que variam entre R$ 200 e R$ 3 milhões.

A Avianca Brasil só irá operar voos nos aeroportos de Pernambuco até este fim de semana. A partir da próxima segunda (29), a companhia só vai trabalhar nos aeroportos de Congonhas, em São Paulo, Santos Dumont, no Rio de Janeiro, Brasília e Salvador.

A Avianca está passando por um processo de recuperação judicial, e só nos aeroportos do Recife e de Petrolina a empresa cancelou quase 150 voos que partiriam das cidades para outros destinos, ou que chegariam a elas. Em todo o país a empresa já cancelou cerca de mil voos, e deve cancelar ao menos 405 voos a partir da próxima segunda-feira (29). Em média o número de voos diários da empresa cairá de 92 para 38 na semana que vem.

Veja também

Globalização no centro das atenções em Davos
Fórum Econômico Mundial

Globalização no centro das atenções em Davos

Câmara do Recife aprova requerimento que solicita retorno da meia passagem aos domingos
Transporte público

Câmara do Recife aprova requerimento que solicita retorno da meia passagem aos domingos