Fiscalização no Aeroporto do Recife notifica Avianca e outras companhias

Operação da Secretaria de Justiça e Direitos Humanos e do Procon/PE teve o objetivo de diminuir impactos por conta do cancelamento dos voos pela Avianca

Fiscalização do Procon/PE no Aeroporto do RecifeFiscalização do Procon/PE no Aeroporto do Recife - Foto: Léo Malafaia / Folha de Pernambuco

Com o objetivo de minimizar os impactos aos consumidores devido aos cancelamentos de voos da Avianca Brasil, a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos e o Procon/PE realizaram uma fiscalização no Aeroporto do Recife nesta sexta-feira (26) para que as operadoras apresentem os números de voos de acentos disponíveis para as cidades de São Paulo, Petrolina, Salvador e Brasília, que são destinos cancelados pela Avianca a partir do Recife.

A Avianca foi uma das empresas que mais recebeu a fiscalização, para que a companhia preste assistência aos clientes e cumpram com os valores apresentados na planilha.

As companhias Gol, Azul e Latam também foram notificadas a prestarem esclarecimentos sobre os preços aplicados nas passagens aéreas. Durante a fiscalização, também foi exigida alternativas para que passageiros não tenham prejuízos quanto aos cancelamentos de voos da Avianca Brasil.

Leia também:
Azul desiste de oferta pela Avianca e acusa concorrentes de protecionismo
Anac vai desativar postos de atendimento presencial no Recife e outros 14 aeroportos

De acordo com a secretaria executiva do direito do consumidor do Procon, Mariana Pontual, cerca de 16 voos foram cancelados somente na sexta-feira (26), e o órgão irá trabalhar para ver os assentos que estão disponíveis. "Vamos tentar ver se a gente consegue realocar esse pessoal, para eles seguirem viagem. A gente orienta que as empresas cumpram com as obrigações, e apresentem soluções viáveis, fazendo uma pressão. Nosso objetivo aqui é o acordo, para que seja evitada uma possível indenização", disse.

Caso seja detectada alguma irregularidade, as companhias podem ser multadas em valores que variam entre R$ 200 e R$ 3 milhões.

A Avianca Brasil só irá operar voos nos aeroportos de Pernambuco até este fim de semana. A partir da próxima segunda (29), a companhia só vai trabalhar nos aeroportos de Congonhas, em São Paulo, Santos Dumont, no Rio de Janeiro, Brasília e Salvador.

A Avianca está passando por um processo de recuperação judicial, e só nos aeroportos do Recife e de Petrolina a empresa cancelou quase 150 voos que partiriam das cidades para outros destinos, ou que chegariam a elas. Em todo o país a empresa já cancelou cerca de mil voos, e deve cancelar ao menos 405 voos a partir da próxima segunda-feira (29). Em média o número de voos diários da empresa cairá de 92 para 38 na semana que vem.

Veja também

Com encarecimento de energia e gás, mais brasileiros devem atrasar contas
Economia

Com encarecimento de energia e gás, mais brasileiros devem atrasar contas

Caixa paga hoje 3ª parcela do auxílio para nascidos em março
Economia

Caixa paga hoje 3ª parcela do auxílio para nascidos em março