FMI confirma suspensão de ajuda à Argentina, diz agência

A Argentina havia fechado um acordo de ajuda financeira de US$ 56 bilhões (R$ 232 bilhões) com o FMI no ano passado

David LiptonDavid Lipton - Foto: AFP

O diretor-gerente interino do FMI (Fundo Monetário Internacional), David Lipton, afirmou que o fundo poderá suspender o programa de ajuda financeira à Argentina. Em entrevista à rádio da agência de notícias Bloomberg, Lipton afirmou que a suspensão se deve às incertezas políticas e econômicas que o país atravessa.

"A situação da Argentina agora é extremamente complexa", afirmou. Segundo ele, o FMI irá "trabalhar para uma eventual retomada da relação, que terá que esperar um pouco".

A Argentina havia fechado um acordo de ajuda financeira de US$ 56 bilhões (R$ 232 bilhões) com o FMI no ano passado.

Leia também:
Brasil e Argentina assinam acordo automotivo no âmbito do Mercosul
FMI avalia que Brasil deve acelerar ajuste para recuperar credibilidade econômica

No mês passado, porém, a declaração de moratória do país colocou a ajuda financeira do FMI em risco. Ainda que a moratória tenha sido apenas sobre dívida local, sem afetar o contrato com o fundo, o governo argentino afirmou que buscaria uma renegociação dessa dívida com o FMI.

A crise argentina se agravou após a vitória da chapa kirschnerista liderada por Alberto Fernández nas eleições primárias por larga vantagem, indicando chances de vitória sobre o atual presidente, Mauricio Macri, que tenta a reeleição.

Após a disputa, o dólar saltou de 45 para quase 60 pesos argentinos, elevando o risco de calote. Investidores elevaram a 95% a chance de um calote no país nos próximos cinco anos.

Apesar do compasso de espera, o diretor do FMI afirmou que negociará com qualquer chapa que vença a eleição, em 27 de outubro.

"Nós ficaremos prontos para ajudar seja qual for o lado que vença a eleição presidencial", afirmou Lipton.

"O maior desafio que existe é como acalmar o mercado e estabilizar a situação", complementou, acrescentando que o fundo monitora o crescimento do mercado paralelo de câmbio após a imposição de alguns instrumentos de controle de capital.

A nova entrevista de Lipton ocorre apenas um dia após ele ter afirmado que o fundo tinha a intenção de continuar colaborando com as autoridades argentinas.

Veja também

CNC aponta fechamento de 75 mil lojas em 2020
Economia

CNC aponta fechamento de 75 mil lojas em 2020

OMC precisa entregar resultados rapidamente, diz nova diretora
Economia

OMC precisa entregar resultados rapidamente, diz nova diretora