FMI reduz para 3% previsão de crescimento da economia mundial em 2019

Desta vez, a diminuição é de dois décimos de ponto percentual em relação à previsão anterior, divulgada em julho

É o quinto trimestre seguido em que o FMI reduz a projeção do crescimento mundial.É o quinto trimestre seguido em que o FMI reduz a projeção do crescimento mundial. - Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

O Fundo Monetário Internacional (FMI) rebaixou para 3% a previsão de crescimento da economia global este ano — o menor índice desde a crise financeira de 2008. O FMI explicou que a revisão da projeção é necessária porque são maiores do que os efeitos da disputa comercial entre os Estados Unidos (EUA) e a China.

É o quinto trimestre seguido em que o FMI reduz a projeção do crescimento mundial. Desta vez, a diminuição é de dois décimos de ponto percentual em relação à previsão anterior, divulgada em julho.

Leia também:
Ministro da Economia, Paulo Guedes cancela participação na reunião anual do FMI
Mercado financeiro reduz estimativa de inflação para 3,28% em 2019


Para a China, o fundo diz que o crescimento este ano será de 6,1%. Para o próximo ano, segundo o FMI, a economia chinesa crescerá 5,8%.

Pequim e Washington continuam a impor tarifas recíprocas, embora tenham feito um acordo de comércio parcial em negociações ministeriais na semana passada.

Quanto à economia do Japão, o Fundo Monetário Internacional antecipa um crescimento de 0,9% para este ano. Além disso, prevê que a redução dos gastos privados, em consequência do aumento este mês do imposto de consumo, limitará em 0,5% o crescimento em 2020.

Veja também

Ações judiciais contra União disparam e governo prevê perda provável de R$ 802 bilhões
economia

Ações judiciais contra União disparam e governo prevê perda provável de R$ 802 bilhões

Empresários lançam estudo em defesa de negócios com a China
Economia

Empresários lançam estudo em defesa de negócios com a China