Folha terá cupons com descontos às segundas-feiras

Novidade chega com abatimento de até 30% em curso de inglês e de 20% em temakeria

Folha de PernambucoFolha de Pernambuco - Foto: Arthur de Souza/Folha de Pernambuco

Além de ter acesso a um conteúdo informativo diferenciado todos os dias, quem lê a Folha de Pernambuco vai contar com novas vantagens. É que, a partir de agora, todas as segundas-feiras, a edição impressa trará o “Folha de Desconto”, que vai oferecer cupons de descontos em empresas parceiras. A sessão estreia com abatimentos de até 30% no curso de inglês English Learning Center (ELC), em Boa Viagem, e de 20% no restaurante Cubo Maki Temakeria, no bairro do Pina.

Semanalmente, o “Folha de Desconto” trará promoções em vários estabelecimentos parceiros. Os segmentos contemplados também serão diversificados, incluindo cursos, restaurantes, lanchonetes, salões de beleza, supermercados, entre outros. O percentual de abatimento varia de acordo com o estabelecimento, bem como a validade da promoção. Inicialmente, os cupons serão válidos apenas para estabelecimentos da Zona Sul do Recife, nos bairros do Pina, Boa Viagem e Setúbal. A tendência, contudo, é que o programa também se expanda para operações em outros bairros da Região Metropolitana do Recife.

“Iniciamos por esses bairros porque é onde já temos um bom volume de vendas avulsas”, explicou a gerente geral de circulação, Ivone Palácio, acrescentando que a iniciativa é mais um atrativo para fidelizar os leitores, além de potencializar a comercialização.

Os cupons não são cumulativos. Para utilizar, o leitor deve recortar o cupom e apresentá-lo no estabelecimento parceiro, estando atento à data de validade do mesmo. Na edição desta segunda (24), a página com os cupons está na editoria de Cotidiano.

Veja também

China contribuiu com mais da metade do superávit comercial do Brasil
Economia

China contribuiu com mais da metade do superávit comercial do Brasil

Governo aumentou imposto sobre cilindro de oxigênio três semanas antes de colapso no AM
Tributos

Governo aumentou imposto sobre cilindro de oxigênio três semanas antes de colapso no AM