Funcionários dos Correios entram em greve a partir desta segunda-feira

O motivo é a mudança no plano de saúde dos trabalhadores, que está em julgamento no Tribunal Superior do Trabalho (TST)

Agência dos CorreiosAgência dos Correios - Foto: Elza Fiúza / Agência Brasil

Os funcionários dos Correios vão entrar em greve por prazo indeterminado a partir das 22h de segunda-feira (12), segundo a Fentect, federação que reúne sindicatos da categoria. O motivo é a mudança no plano de saúde dos trabalhadores, que está em julgamento no Tribunal Superior do Trabalho (TST). A alteração defendida pela gestão da estatal retiraria pais, filhos e cônjuges do plano.

Leia também:
Correios suspendem cobrança de taxa extra para encomendas destinadas ao Rio


Hoje, a assistência bancada pela empresa supera os R$ 12.000 por funcionário e custa R$ 1,8 bilhão por ano. Em nota, a Fentect afirma ainda que a estatal vai fechar 2.500 agências próprias. "Todo o desmonte promovido pela gestão dos Correios tende a prejudicar ainda mais os serviços à população", afirmam.

"Quanto ao reajuste dos preços dos serviços da estatal, a federação e toda a categoria concorda com a sociedade e discorda de aumentos abusivos nos valores", diz o comunicado.

Veja também

Pix terá serviço de cobrança semelhante a boleto
pix

Pix terá serviço de cobrança semelhante a boleto

Bolsa reage e volta a subir após quatro sessões de queda
BOLSA DE VALORES

Bolsa reage e volta a subir após quatro sessões de queda