Economia

Fundo Garantidor de Pernambuco promete democratizar o acesso ao crédito no estado

O fundo será operacionalizado pela Agência de Empreendedorismo de Pernambuco (AGE)

Agência de Empreendedorismo de PernambucoAgência de Empreendedorismo de Pernambuco - Foto: Reprodução/Instagram

Muitas são as etapas que o micro ou pequeno empreendedor necessita avançar para acessar uma linha de crédito no estado. Entre as dificuldades, a ausência de garantias a serem ofertadas às instituições financeiras. Com o intuito de proporcionar mais facilidade no processo, o Governo de Pernambuco enviou à Assembleia Legislativa um Projeto de Lei que institui o Fundo Garantidor de Pernambuco.  

Este fundo será operacionalizado pela Agência de Empreendedorismo de Pernambuco (AGE) e é destinado à garantia complementar da cobertura de riscos de operações para estímulo à concessão de financiamentos. Além de Pernambuco, outros estados possuem fundos garantidores, tais como: São Paulo, Espírito Santo e Sergipe. “Com o Fundo Garantidor de Pernambuco, pensado no âmbito das ações do Plano Retomada, estamos avançando mais, pois ele é uma forma de democratizar o acesso ao crédito, facilitando as condições para quem toma um financiamento”, explicou o governador Paulo Câmara.   

Já o diretor-presidente da AGE, Márcio Stefanni, destacou que a criação do fundo permitirá alavancar operações da ordem de até R$ 100 milhões no Estado. “A geração de emprego e renda também será ampliada, com taxas de juros mais baixas em relação àquelas cobradas pelos bancos tradicionais. Assim como ocorre em outros fundos, a exemplo do Fampe, gerenciado pelo Sebrae, será cobrada uma pequena taxa para quem busca financiamento”, pontuou.   

Para ter acesso, as pessoas e empresas interessadas devem acessar o site www.age.pe.gov.br para conhecer todas as opções disponíveis, consultar as condições de cada linha e fazer o pré-cadastro. Dúvidas também podem ser tiradas pelo telefone/WhatsApp (81) 3183.7450.  

 

 

Veja também

Tebet diz que bloqueio no Orçamento será "bem menor" que o esperado pelo governo
BRASIL

Tebet diz que bloqueio no Orçamento será "bem menor" que o esperado pelo governo

Piso, carga horária e INSS: o que mudará para motoristas de apps se projeto de Lula for aprovado
BRASIL

Piso, carga horária e INSS: o que mudará para motoristas de apps se projeto de Lula for aprovado