Futsal e 3x3: EA divulga detalhes do modo ‘Volta’ do Fifa 20

Modo lembra o Fifa Street e contará com vários recursos para o futebol de rua

Fifa 20 contará com modo "Volta", com futsal e futebol de ruaFifa 20 contará com modo "Volta", com futsal e futebol de rua - Foto: Reprodução/Fifa

A EA Sports apresentou nesta quinta-feira (8) oficialmente os recursos do modo ‘Volta’, presente no Fifa 20. O jogo trará referências ao Fifa Street, com modos 3x3 e também a inclusão do futsal profissional entre os recursos.

O novo modo será semelhante ao Fifa Street, famosa franquia da EA que envolvia o futebol de rua, exaltando os dribles. No trailer divulgado pela empresa, é possível ver que o jogo permitirá personalizar seu avatar tanto masculino quanto feminino, com uma série de roupas, cortes de cabelo, tatuagens e emotes de comemoração.

O futsal é outro retorno importante do Fifa, mas desta vez de maneira mais fiel. Com a quadra bastante parecida com os torneios da vida real, será possível utilizar jogadores como Vinícius Jr., Eden Hazard, entre outros. Antes, o modo "Indoor" esteve presente em clássicos da franquia como o Fifa 98.

Além disso, o jogo contará com 17 arenas, em 17 cidades diferentes, incluindo o Rio de Janeiro. Todas elas poderão ser vistas no Jogo do Mundo com o “Futebol Volta”.

Leia também 
Alemão vence Mundial de Fifa 19 e fatura R$ 971 mil
Zidane será capa da Ultimate Edition do Fifa 20
FIFA eWorld Cup 2019 começa nesta sexta; confira o guia da competição

Outros modos estarão à disposição, como o “Mundo Volta”, onde é possível conduzir seu jogador pelo “Modo História" do Volta, passar por rebaixamentos ou promoções na “Liga Volta” ou levar seus times profissionais favoritos às ruas com o “Jogo Rápido Volta”.

O Fifa 20 estará disponível para compra no dia 27 de setembro, quando será lançado para Xbox One, Playstation 4 e PC.

Confira o trailer completo do modo “Volta” do Fifa 20:

Veja também

Ninguém acerta a Mega-Sena e prêmio acumula em R$ 60 milhões
Loteria

Ninguém acerta a Mega-Sena e prêmio acumula em R$ 60 milhões

Violência contra a mulher também é um problema econômico, diz presidente da Avon
Avon

Violência contra a mulher também é problema econômico, diz presidente