Governo cria tabela de preços para compras da Microsoft

A Secretaria de Governo Digital do Ministério da Economia publicou o primeiro catálogo com preços máximos que poderão ser cobrados em licitações de produtos da Microsoft

Produto MicrosoftProduto Microsoft - Foto: Anton Porsche/Pixabay

O governo federal vai padronizar os preços para compra de produtos de TI (Tecnologia da Informação). O objetivo é gerar uma economia de cerca de 35%.

Na sexta (27), a Secretaria de Governo Digital do Ministério da Economia publicou o primeiro catálogo com preços máximos que poderão ser cobrados em licitações de produtos da Microsoft. Os gastos com a empresa chegaram a R$ 1 bilhão no período de 2012 a 2018.

Todos os 217 órgãos do governo deverão seguir os preços do catálogo, que será atualizado a cada seis meses.

Para chegar aos valores, membros do ministério e da Controladoria-Geral da União estão desde maio rastreando os valores cobrados nas licitações de TI. O catálogo foi criado com base no menor preço praticado pela Microsoft.

Leia também:
Microsoft admite que ouvia áudios de usuários do Xbox, diz site
Após veto de Bolsonaro, Guedes volta a defender imposto sobre pagamentos
Governo tem déficit de R$ 16,8 bilhões em agosto

Com a padronização, o governo vai pagar o teto estipulado no catálogo, independentemente do volume da compra.

Segundo o secretário de Governo Digital, Luis Felipe Monteiro, o governo investe R$ 8 bilhões atualmente em TI e deve ser atendido de acordo com sua escala total. Hoje, cada órgão negocia separadamente o preço, de acordo com a demanda individual.

A Microsoft não aceitou um acordo para estabelecer o teto antes da publicação do catálogo e a divulgação acabou sendo unilateral pelo governo.

Isso só foi possível após a publicação de uma alteração na Instrução Normativa (IN) nº 1, que estabeleceu novas regras para as compras governamentais e previu a implantação dos catálogos.

Até o final deste ano, Oracle, IBM, VMWARE e Red Hat serão convocadas a negociar acordos bilaterais com condições especiais, compatíveis ao volume contratado. Cada uma terá um catálogo.

Veja também

Fundos de ações são os que mais superam expectativas em dois anos
Economia

Fundos de ações são os que mais superam expectativas em dois anos

Serviço de perícia é retomado em duas agências do INSS em Recife
INSS

Serviço de perícia é retomado em duas agências do INSS em Recife