Governo do Maranhão anuncia retomada gradual da economia

O primeiro segmento a ter a abertura autorizada são as empresas exclusivamente familiares, na qual trabalham apenas o proprietário e pessoas de sua família

Governador do Maranhão, Flávio DinoGovernador do Maranhão, Flávio Dino - Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), anunciou nesta quarta-feira (20) o início de um processo gradual de abertura de atividades econômicas no estado nos próximos 45 dias.

A reabertura será feita por etapas e começará na próxima segunda-feira (25), seguindo protocolos sanitários e de segurança. Os comerciantes deverão usar máscaras e manter o distanciamento social.

O primeiro segmento a ter a abertura autorizada são as empresas exclusivamente familiares, na qual trabalham apenas o proprietário e pessoas de sua família. A exceção são as lojas que ficam em shopping centers.

A expectativa é que outros setores da economia tenham a sua abertura autorizada a partir de 1º de junho.

Leia também:
Justiça determina lockdown em São Luís, no Maranhão
Capital do Maranhão atinge 100% de ocupação de UTIs para Covid-19

O Maranhão tem 15.144 casos do novo coronavírus e 634 mortes pela Covid-19. Ao todo, 85% dos 350 leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) para Covid-19 estão ocupados nesta quarta.

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

 

Veja também

Comitê da Petrobras vê conflito de interesses em dois indicados para conselho da empresa
Estatal

Comitê da Petrobras vê conflito de interesses em dois indicados para conselho da empresa

Bitcoin dispara 98% neste ano e atrai novos investidores
Negócios

Bitcoin dispara 98% neste ano e atrai novos investidores