Concursos

Governo Lula anuncia novos concursos públicos com 4,4 mil vagas em 20 ministérios

Ministério já havia autorizado concursos para 9,5 mil vagas temporárias e efetivas em 2023

Carteira de trabalho digitalCarteira de trabalho digital - Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A ministra da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos, Esther Dweck, anunciou, nesta sexta-feira (16), a realização de novos concursos públicos para contratação de servidores pelo governo federal.

Serão 4.436 vagas para este ano em 20 ministérios, de acordo com a ministra. O vice-presidente Geraldo Alckmin, também ministro do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, comemorou nas redes sociais as vagas na sua área.

Segundo ele, para o seu ministério serão:
- 120 vagas no Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) para as carreiras de Analista de Planejamento, Pesquisador e Tecnologistas.
- 100 vagar no Inmetro, para Analista Executivo e Pesquisador.

Mais de 9,5 mil vagas já autorizadas
Antes do anúncio desta sexta-feira, em 2023, o governo federal já havia autorizado 9.585 vagas para concursos públicos da Administração Pública Federal com o objetivo de compor a força de trabalho de órgãos e entidades.

Após a primeira autorização, em março, para 30 vagas para o Ministério da Relações Exteriores, o governo federal já deu sinal verde para a realização de mais outros quatro processos seletivos. Os certames para o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Ministério do Meio Ambiente (MMA), Fundação dos Povos Indígenas (Funai) e Ministério da Ciência e Tecnologia e Inovação (MCTI) foram autorizados pelo Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos (MGI).

Do total de vagas que já estavam abertas, 1.444 são para cargos efetivos. As outras 8.141 serão temporárias para atender à demanda do IBGE com as atividades do Censo Demográfico 2020.

Veja também

Mega-Sena 2.748: prêmio acumula pela terceira vez e chega a R$ 21 milhões
loteria

Mega-Sena 2.748: prêmio acumula pela terceira vez e chega a R$ 21 milhões

Lei que padroniza índices de correção e juros ainda gera dúvidas a especialistas
padrão

Lei que padroniza índices de correção e juros ainda gera dúvidas a especialistas

Newsletter