A-A+

Governo registra déficit de R$ 14,7 bi em maio, rombo 27% maior que um ano antes

O número do mês veio em linha com o esperado por analistas

BC registrou déficit primário de R$ 18,629 bilhões em marçoBC registrou déficit primário de R$ 18,629 bilhões em março - Foto: Agência Brasil

O governo central -que reúne as contas do Tesouro Nacional, da Previdência Social e do Banco Central- registrou déficit de R$ 14,7 bilhões em maio. O rombo é 27% maior que o registrado um ano atrás e quarto pior para o mês na série histórica com valores corrigidos pela inflação.

O número do mês veio em linha com o esperado por analistas. A estimativa de consultorias e instituições financeiras compiladas pelo Prisma Fiscal, elaborado pelo Ministério da Economia, apontava para um déficit de R$ 15 bilhões no mês.

O número de maio é resultado do déficit de R$ 14,9 bilhões da Previdência no mês, já que o Tesouro Nacional teve superávit de R$ 169 milhões e o BC teve saldo positivo de R$ 9 milhões.

Leia também:
Secretário do Tesouro Nacional diz que reforma da previdência pode ajudar crise fiscal dos estados
País continuará com déficit até 2025, prevê instituição do Senado


No acumulado do ano, o governo central registra um déficit de R$ 17,5 bilhões. Trata-se de um rombo 9,3% maior que o registrado no mesmo período de um ano antes.

Já em 12 meses terminados em maio, o déficit primário chega a R$ 125,2 bilhões -o que representa 1,76% do PIB. A meta fiscal deste ano prevê para 2019 um rombo de R$ 139 bilhões.

Veja também

Paulista realizará pagamento da segunda parcela do auxílio aos camelôs e ambulantes
RMR

Paulista realizará pagamento da segunda parcela do auxílio aos camelôs e ambulantes

Arco-Vita inaugura nova loja em Ipojuca com 250 empregos
Inauguração

Arco-Vita inaugura nova loja em Ipojuca com 250 empregos