Economia

Governo registra déficit de R$ 14,7 bi em maio, rombo 27% maior que um ano antes

O número do mês veio em linha com o esperado por analistas

BC registrou déficit primário de R$ 18,629 bilhões em marçoBC registrou déficit primário de R$ 18,629 bilhões em março - Foto: Agência Brasil

O governo central -que reúne as contas do Tesouro Nacional, da Previdência Social e do Banco Central- registrou déficit de R$ 14,7 bilhões em maio. O rombo é 27% maior que o registrado um ano atrás e quarto pior para o mês na série histórica com valores corrigidos pela inflação.

O número do mês veio em linha com o esperado por analistas. A estimativa de consultorias e instituições financeiras compiladas pelo Prisma Fiscal, elaborado pelo Ministério da Economia, apontava para um déficit de R$ 15 bilhões no mês.

O número de maio é resultado do déficit de R$ 14,9 bilhões da Previdência no mês, já que o Tesouro Nacional teve superávit de R$ 169 milhões e o BC teve saldo positivo de R$ 9 milhões.

Leia também:
Secretário do Tesouro Nacional diz que reforma da previdência pode ajudar crise fiscal dos estados
País continuará com déficit até 2025, prevê instituição do Senado


No acumulado do ano, o governo central registra um déficit de R$ 17,5 bilhões. Trata-se de um rombo 9,3% maior que o registrado no mesmo período de um ano antes.

Já em 12 meses terminados em maio, o déficit primário chega a R$ 125,2 bilhões -o que representa 1,76% do PIB. A meta fiscal deste ano prevê para 2019 um rombo de R$ 139 bilhões.

Veja também

Jaboatão publica três editais de concursos públicos com mais de 1.500 vagas em diversos cargos
Concursos e Empregos

Jaboatão publica três editais de concursos públicos com mais de 1.500 vagas em diversos cargos

China pode multar PwC por auditoria da Evergrande, gigante imobiliária que entrou em crise
fraude

China pode multar PwC por auditoria da Evergrande, gigante imobiliária que entrou em crise

Newsletter