DESCONTO

Governo vai liberar mais R$ 300 milhões para compra de carro com desconto

Novo valor constará em medida provisória (MP), que deve ser publicada nesta semana

Carro Carro  - Foto: Pixabay/Reprodução

Leia também

• Censo 2022: Recife e Olinda estão entre as cidades mais densamente povoadas do Brasil

• Caixa começa a financiar imóveis do Minha Casa, Minha Vida de até R$ 350 mil na próxima semana

• Trio é preso suspeito de roubar carro e celulares no Recife; veículo e objetos são recuperados

O governo Luiz Inácio Lula da Silva vai colocar mais R$ 300 milhões no programa que concede descontos à compra de carros populares para continuar estimulando as vendas do setor automotivo, de acordo com integrantes do Executivo. Os novos valores vão seguir as regras já vigentes, ou seja, valendo apenas para carros de até R$ 120 mil.

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, antecipou à colunista do Globo, Míriam Leitão, que o programa de incentivo à compra de carros será estendido, e aberto inclusive para pessoas jurídicas nessa segunda etapa.

O governo já havia disponibilizado R$ 500 milhões para a compra de veículos leves com abatimentos, valor que agora deve subir para R$ 800 milhões. A ampliação constará em medida provisória a ser publicada ainda nesta semana.

A duração máxima do incentivo continuará sendo de quatro meses, mas governo acredita que ele dure apenas mais algumas semanas.

O programa concede descontos para os carros, e depois as montadoras têm acesso a crédito (que são abatidos na cobrança de impostos).

Segundo o painel de dados lançados pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC), R$ 420 milhões dos R$ 500 milhões em crédito tributário para a compra de carros já foram usados. Isso equivale a 84% do total.

Originalmente, a possibilidade de empresas, como locadoras de veículos, entrarem no programa de compra de carros acabaria no último dia 20, mas a exclusividade para pessoas físicas se beneficiarem dos descontos foi estendida por duas semanas. Para as compras de ônibus e caminhões, a exclusividade acabou no último dia 21, e as empresas já podem adquirir esses veículos com desconto.

Como funciona o programa

Só será renovada a compra de carros de passeio. O tamanho do desconto varia conforme três critérios: menor preço, maior eficiência energética (carros menos poluentes); maior densidade industrial (capacidade de gerar emprego). Quanto maior a pontuação do modelo nos três critérios, maior o desconto.

Veja também

Segunda emissão de títulos verdes rende US$ 2 bi com taxas menores
INTERNACIONAL

Segunda emissão de títulos verdes rende US$ 2 bi com taxas menores

Mega-Sena acumula mais uma vez e prêmio vai a R$ 86 milhões
LOTERIA

Mega-Sena acumula mais uma vez e prêmio vai a R$ 86 milhões

Newsletter