Guedes fala em redução de até 50% no preço do botijão de gás

Na última segunda-feira (24), o Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) aprovou resolução com diretrizes para dar início à abertura do mercado de gás no Brasil

Gás de cozinha é um dos elementos principais na casa do brasileiroGás de cozinha é um dos elementos principais na casa do brasileiro - Foto: Marcello Casal/ Agência Brasil

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou nessa quinta-feira (27) que o preço do botijão de gás pode cair até 50% com a abertura do mercado do setor no país, por causa da maior competição entre empresas. Na última segunda-feira (24), o Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) aprovou resolução com diretrizes para dar início à abertura do mercado de gás no Brasil.

Atualmente, a Petrobrás detém o controle tanto da produção como da distribuição do gás no país. Apesar deste monopólio estatal já ter sido quebrado na legislação em 1997, a abertura para novas empresas não havia sido concretizada até agora.

Leia também:
Petrobras reajusta gás de cozinha em 3,43% a partir de domingo
Pedro Eurico culpa Petrobras por falta de gás de cozinha: 'déficit de 700 mil'
Preço do gás de cozinha aumenta em 8,5%


"Estamos dando um choque da energia barata, quebrando um duplo monopólio, tanto na extração e refino quanto na distribuição do gás. Vamos reindustrializar o país em cima de energia barata. Essa maior competição em petróleo e gás, aceleração do ritmo de extração desses recursos naturais vão acabar chegando no botijão de gás da família, diminuindo em 30%, 40%, até 50% o custo do gás lá no final da linha", disse Guedes após se reunir com o presidente do Senado, Davi Alcolumbre.

O ministro também comentou sobre outras iniciativas em curso para abertura da economia. "Tem uma agenda grande pela frente, estamos abrindo a economia. Estamos a semanas, possivelmente, de fechar um acordo que está há duas décadas parado, que é o acordo [do Mercosul] com a União Europeia. Estamos recomendados para entrar na OCDE [Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico]. Vamos fazer a simplificação e redução dos impostos", disse.

Veja também

Confinamento contra Covid-19 é útil para América Latina? Depende, diz FMI
Coronavírus

Confinamento contra Covid-19 é útil para América Latina? Depende, diz FMI

Pacheco quer incluir cota para reservatório de Furnas na MP da Eletrobras
Energia

Pacheco quer incluir cota para reservatório de Furnas na MP da Eletrobras