IBGE devolve taxa de inscrição a candidatos à seleção para o Censo

Pesquisa foi adiada para 2021 devido à pandemia de Covid-19

IBGEIBGE - Foto: Divulgação/IBGE

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) inicia nesta terça-feira (19) a devolução de R$ 2,82 milhões para os candidatos inscritos no concurso de seleção para trabalhar no próximo Censo. A pesquisa, que seria realizada neste ano, foi adiada para 2021 devido à pandemia do novo coronavírus (covid-19). Por isso, a seleção para contratar temporariamente 208.695 pessoas foi cancelada em março deste ano.

A devolução será feita por meio do aplicativo Carteira Digital BB, do Banco do Brasil, que pode ser baixado em celulares com sistema Android ou iOS. Não é necessário ser correntista do banco para usar o aplicativo e receber o dinheiro.

Leia também:
IBGE devolverá R$ 2,8 milhões em taxas a 100 mil inscritos no concurso do Censo
Montadoras retomam atividade com ritmo reduzido e protocolo sanitário contra coronavírus
Senado cede a pressão de bancos e retira de pauta teto para juros do cheque especial

A escolha pelo aplicativo foi feita para evitar que as pessoas se desloquem até uma agência bancária e se formem aglomerações. Cerca de 100,7 mil candidatos pagaram as taxas, que variam de R$ 23,61 (para candidatos a recenseador) a R$ 35,80 (para agente censitário). O Censo é feito, regularmente, a cada década, a fim de se conhecer, por meio de pesquisas no próprio domicílio, a realidade da população brasileira.

Veja também

Land Rover lança edição limitada do Range Rover Sport SVR Carbon
FMotors

Land Rover lança edição limitada do Range Rover Sport SVR Carbon

Fiat emplaca as três primeiras colocações de carros mais vendidos em julho; confira a lista completa
FMotors

Fiat emplaca as três primeiras colocações de carros mais vendidos em julho