IGP-10 acumula taxa de 7,15% em janeiro

Aumento da taxa entre dezembro e janeiro foi influenciado principalmente pelos preços no atacado

Na hora de investir, gerentes de bancos e internet são os meios mais procurados por investidoresNa hora de investir, gerentes de bancos e internet são os meios mais procurados por investidores - Foto: Reprodução

O Índice Geral de Preços–10 (IGP-10) registrou inflação de 0,88% em janeiro deste ano. A taxa é superior às registradas em dezembro de 2016 (0,20%) e em janeiro do ano passado (0,69%). Em 12 meses, o IGP-10 acumula taxa de 7,15%, segundo a Fundação Getulio Vargas (FGV).

O aumento da taxa entre dezembro e janeiro foi influenciado principalmente pelos preços no atacado, medidos pelo Índice de Preços ao Produtor Amplo. A inflação desses produtos subiu de 0,22% em dezembro para 1,08% em janeiro.

A inflação do varejo, medida pelo Índice de Preços ao Consumidor, cresceu de 0,09% para 0,54% no período, enquanto que o Índice Nacional de Custo da Construção caiu de 0,31% para 0,30%. O IGP-10 é calculado com base em preços coletados entre os dias 11 do mês anterior e 10 do mês de referência.

Veja também

Rômulo Saraiva lança livro sobre fraudes na Previdência Complementar
Lançamento

Rômulo Saraiva lança livro sobre fraudes na Previdência Complementar

Procon Pernambuco realiza pesquisa de preços na Região Metropolitana do Recife
Pesquisa

Procon Pernambuco realiza pesquisa de preços na Região Metropolitana do Recife