FEIRA

Inédita em Pernambuco, Megacana Tech Show Brasil apresenta as novidades para o setor sucroalcooleiro

MegaCana Tech Show em CarpinaMegaCana Tech Show em Carpina - Foto: Alexandre Aroeira/Folha de Pernambuco

A cidade de Carpina, na Zona da Mata Norte de Pernambuco, recebe, na manhã desta terça-feira (17), a 14ª edição da Megacana Tech Show Brasil. O evento tem o objetivo de abordar e falar sobre as principais novidades e tecnologias para o trabalho com a cana-de-açúcar. Pela primeira vez em Pernambuco, a feira itinerante reúne, na Usina Petribu, empresários do setor, lideranças e pesquisadores do tema. O presidente do Grupo EQM, Eduardo de Queiroz Monteiro, prestigiou o evento, representando a Usina Cucaú. 

Promovida pela Canacampo e Associação das Indústrias Sucroenergéticas de Minas Gerais (Siamig), a Megacana Tech Show Brasil acontece de março a agosto e vai viajar pelo país com a transmissão online pela Megacana TV no YouTube (que irá ao ar às quintas-feiras, às 19h), mostrando a importância do mercado da cana-de-açúcar para o agronegócio brasileiro. 

No Brasil, a cana é um item prioritário, sendo uma fonte de renda, pesquisa, inovações, descobertas e emprego. O setor sucroenergético movimenta bilhões de dólares e só as exportações de açúcar em 2021 ultrapassaram a marca dos US$ 9 bilhões. 
 

O evento conta com apresentações, palestras com personalidades e especialistas do setor, troca de conhecimento e negócios, divulgações de marcas, tecnologias e inovações, networking, bons negócios fechados, shows e milhares de pessoas. 

História
A Megacana surgiu no ano de 2009, quando ainda era chamado de Canacampo Tech Show e acontecia na sede da Associação de Produtores de Cana da Região de Campo Florido, na cidade de Campo Florido, em Minas Gerais. Na ocasião, mais de 30 empresas nacionais e internacionais estiveram reunidas para discutir os principais temas ligados ao setor sucroenergético do Triângulo Mineiro. De lá para cá, não só o nome mudou, mas o evento tomou proporções maiores, sendo conhecido nacional e internacionalmente.

Veja também

Crise da Evergrande chega ao mercado de luxo: chinesa Shimao dá calote de US$ 1 bilhão
Mercado imobiliário chinês

Crise da Evergrande chega ao mercado de luxo: chinesa Shimao dá calote de US$ 1 bilhão

Indicador Antecedente de Emprego da FGV sobe 1 ponto
Economia

Indicador Antecedente de Emprego da FGV sobe 1 ponto