Inflação do aluguel acumula queda de 0,34% em 12 meses

A queda da taxa entre dezembro e janeiro foi provocada pelos preços no atacado e pelo custo da construção

Índice usado para reajustar aluguéis tem queda de 0,34% em 12 meses, diz pesquisa da Fundação Getúlio VargasÍndice usado para reajustar aluguéis tem queda de 0,34% em 12 meses, diz pesquisa da Fundação Getúlio Vargas - Foto: Arquivo/Agência Brasil

Usado no reajuste de aluguéis, o Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M) acumula deflação (queda de preços) de 0,34% em 12 meses, de acordo com a segunda prévia de janeiro do indicador, divulgada nesta quinta-feira (18), no Rio de Janeiro, pela Fundação Getulio Vargas (FGV).

Considerando-se apenas janeiro, a segunda prévia registrou inflação de 0,82%, taxa menor que a segunda prévia de dezembro de 2017.

Leia também:
Mercado projeta inflação de 3,95% e crescimento do PIB de 2,7%, em 2018
IGP-10 registra inflação de 0,79% em janeiro


A queda da taxa entre dezembro e janeiro foi provocada pelos preços no atacado e pelo custo da construção. A inflação do Índice de Preços ao Produtor Amplo, que mede o atacado, caiu de 1,23% na segunda prévia de dezembro para 1,04% em janeiro. A inflação do Índice Nacional de Custo da Construção recuou de 0,27% para 0,19%.

Por outro lado, a inflação do Índice de Preços ao Consumidor, que analisa o varejo, subiu de 0,31% na segunda prévia de dezembro para 0,43% na segunda prévia de janeiro. A segunda prévia é medida com base em preços coletados entre os dias 21 do mês anterior e 10 do mês de referência.

Veja também

Receita Federal estima que metade dos fundos imobiliários sonegam impostos
receita federal

Receita Federal estima que metade dos fundos imobiliários sonegam impostos

INSS prorroga antecipação de R$ 1.045 do auxílio-doença e do BPC
inss

INSS prorroga antecipação de R$ 1.045 do auxílio-doença e do BPC