Inflação do aluguel acumula taxa de 6,65% em 12 meses

Alta da taxa entre dezembro e janeiro foi provocada principalmente pelo varejo

Em outubro, o índice usado como base para reajustar o aluguel variou 0,20%Em outubro, o índice usado como base para reajustar o aluguel variou 0,20% - Foto: Leo Motta/Folha de Pernambuco

O Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M), usado no reajuste de contratos de aluguel, de janeiro deste ano acumulou uma inflação de 6,65% em 12 meses. Segundo a Fundação Getulio Vargas (FGV), a taxa mensal ficou em 0,64% em janeiro, acima da taxa de 0,54% de dezembro de 2016, mas abaixo do 1,14% de janeiro do ano passado.

A alta da taxa entre dezembro e janeiro foi provocada principalmente pelo varejo. O Índice de Preços ao Consumidor, que analisa o varejo, subiu de 0,20% em dezembro para 0,64% em janeiro deste ano.

Os preços no atacado também tiveram alta maior em janeiro. O Índice de Preços ao Produtor Amplo, que acompanha este segmento, subiu de 0,69% em dezembro para 0,70% em janeiro. O Índice Nacional de Custo da Construção caiu de 0,36% em dezembro para 0,29% em janeiro.

Veja também

Volkswagen perde metade do lucro em 2020 pela covid-19
Economia

Volkswagen perde metade do lucro em 2020 pela covid-19

Bolsa Família não poderá ser bloqueado por mais 90 dias
Economia

Bolsa Família não poderá ser bloqueado por mais 90 dias