Inflação do aluguel é de 7,24% em 12 meses

Na segunda prévia de janeiro, o indicador havia registrado deflação (queda de preços) de 0,01%

Inflação do aluguel acumula 7,30% Inflação do aluguel acumula 7,30%  - Foto: Branda Alcântara/Arquivo Folha

O IGP-M (Índice Geral de Preços - Mercado), usado no reajuste de contratos de aluguel, teve inflação de 0,55% na segunda prévia de fevereiro.

Na segunda prévia de janeiro, o indicador havia registrado deflação (queda de preços) de 0,01%. Com o resultado, o IGP-M soma inflação de 7,24% em 12 meses. As informações são da Agência Brasil.

Leia também:
Economia brasileira cresceu 1,1% em 2018, diz FGV
Inflação está em níveis 'confortáveis', diz ata do Copom
Instituições financeiras reduzem pela 4ª vez estimativa de inflação


A alta da taxa foi puxada pelos preços no atacado, já que o Índice de Preços ao Produtor Amplo passou de uma deflação de 0,26% em janeiro para 0,73% em fevereiro. Os outros dois subíndices que compõem o IGP-M tiveram queda na segunda prévia de janeiro para a segunda prévia de fevereiro.

O Índice de Preços ao Consumidor, que acompanha o varejo, recuou de 0,49% para 0,17% no período. O Índice Nacional de Custo da Construção caiu de 0,38% para 0,29%.

Veja também

Pedidos de recuperação judicial caíram 15% em 2020
Economia

Pedidos de recuperação judicial caíram 15% em 2020

Emprego cresce na indústria em um movimento atípico para dezembro
DEZEMBRO

Emprego cresce na indústria em um movimento atípico