Inflação medida pelo IPC-S sobe em sete capitais

Crescimento do Recife foi de 0,46 ponto percentual, ao passar de -0,01% para 0,45%

InflaçãoInflação - Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

O Índice de Preços ao Consumidor Semenal (IPC-S) teve alta nas sete capitais pesquisadas pela Fundação Getulio Vargas (FGV), na passagem de fevereiro para março. O maior crescimento foi observado no Rio de Janeiro, onde a taxa subiu 0,58 ponto percentual, ao passar de 0,03% para 0,61%.

Também teve alta na taxa de inflação a cidade de São Paulo (0,19 ponto percentual, ao passar de 0,18% para 0,37%). Salvador passou de estabilidade de preços em fevereiro para inflação em março (0,54%).

Leia também:
Inflação oficial registra taxa de 0,02% na prévia de março
Coronavírus faz mercado reduzir estimativas para PIB, inflação e juros 

As outras quatro cidades pesquisadas passaram de deflação (queda de preços) em fevereiro para inflação em março: Brasília (0,31 ponto percentual, ao passar de -0,15% para 0,16%), Belo Horizonte (0,52 ponto percentual, ao passar de -0,11% para 0,41%), Recife (0,46 ponto percentual, ao passar de -0,01% para 0,45%) e Porto Alegre (0,24 ponto percentual, ao passar de -0,22% para 0,02%).

Veja também

Cenário internacional, câmbio e inflação afastam Brasil de juros mais baixos

Cenário internacional, câmbio e inflação afastam Brasil de juros mais baixos

Turismo gera vagas formais, mas ainda não se recupera da pandemia

Turismo gera vagas formais, mas ainda não se recupera da pandemia