Inflação para famílias com renda mais baixa supera IPCA em 12 meses

Queda da taxa do INPC entre agosto e setembro foi influenciada principalmente pelos produtos alimentícios

O Protetor 2O Protetor 2 - Foto: Reprodução / Youtube

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), que mede a inflação para famílias com renda até cinco salários mínimos, acumula taxa de 9,15% em 12 meses, segundo levantamento feito pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em setembro. No mesmo período, a inflação oficial, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), acumulou taxa de 8,48%.

Considerando-se apenas setembro, o INPC teve a mesma taxa que o IPCA: 0,08%. A taxa é inferior ao 0,31% registrado pelo INPC em agosto deste ano.

Assim como aconteceu com o IPCA, a queda da taxa do INPC entre agosto e setembro foi influenciada principalmente pelos produtos alimentícios, que tiveram uma deflação (queda de preços) de 0,25% em setembro, ante uma inflação de 0,28% em agosto.

Os não alimentícios tiveram uma alta de preços de 0,23%, abaixo da taxa de inflação observada em agosto (0,32%).

Veja também

Open banking e Pix atrasam início da portabilidade de cheque especial
Economia

Open banking e Pix atrasam início da portabilidade de cheque especial

Ministro do STF propõe validar imposto sobre heranças transmitidas no exterior
impostos

Ministro do STF propõe validar imposto sobre heranças transmitidas no exterior