Intel Software Day debate inteligência artificial no Recife

Evento foi realizado pela primeira vez na cidade durante a The Developers Conference

Intel Software Day realizado na Universidade Católica de PernambucoIntel Software Day realizado na Universidade Católica de Pernambuco - Foto: Intel/Divulgação

O segundo dia do The Developers Conference, evento para desenvolvedores de software, foi reservado para um ciclo de palestras da Intel. A empresa promoveu, nesta sexta-feira (11), na Universidade Católica de Pernambuco o "Intel Software Day", que teve como temática as aplicações da inteligência artificial em vários campos.

Com palestras durante todo o dia, o evento aconteceu pela primeira vez no Recife e reuniu temas diversos dentro da inteligência artificial. A primeira atividade ficou por conta do evangelista de tecnologia da Intel Brasil, Jomar Silva. Ele falou sobre as tecnologias utilizadas na indústria de software para o desenvolvimento de projetos otimizados em Visão Computacional, Inteligência Artificial e Gráficos.

“Se você ver a utilização de uma ‘Lexa’, da Amazon, por exemplo, já está aqui no Brasil. O usuário final acaba utilizando inteligência artificial sem perceber, e isso é legal porque ajuda a desmistificar um pouco do que é a IA”, disse Silva.

Além disso, o palestrante reforçou a importância de trazer o tema para o Recife. “Tem muita coisa de tecnologia e de software por aqui, então queríamos voltar a fazer eventos por aqui para ajudar o ecossistema”, afirmou o evangelista.

Com mais de sete anos de experiência na Intel, o evangelista já trabalhou com tecnologias para desenvolvimento de soluções em Internet das Coisas, robótica, aplicações móveis, comunicação, segurança e gerenciamento, sempre ligado a desenvolvedores e comunidades Open Source.

Além da palestra de Jomar, outras atividades como a apresentação sobre o "Certiface", mecanismo de reconhecimento facial que ajuda a combater fraudes, ministrada por Alessandro Faria aconteceram pelo período da manhã.

À tarde, um dos destaques foi o projeto de alunas da Universidade Federal de Pernambuco sobre o AuTecla, um projeto que visa ajudar no processo de aprendizagem e na assistência de crianças com autismo, envolvendo as crianças, pais, médicos e terapeutas no tratamento.

Responsável pela liderança da área de software da Intel na América Latina, Túlio Marin comandou as atividades no dia, e falou sobre o futuro dos eventos da Intel no Recife. “Nós já tínhamos projetos junto à UFPE, mas queremos trazer estes tipos de evento mais vezes”, afirmou.

Porém, mesmo quem não pôde conferir pessoalmente o conteúdo pode aproveitar as ferramentas gratuitas na internet, como o Intel Education e o site de softwares da Intel.

Leia também:
Recife receberá evento para desenvolvedores de software em outubro
REC'n'Play já planeja a edição do próximo ano com espaço para negócios
Tóquio-2020: Intel e Comitê Olímpico Internacional realizarão torneio de esports 

The Developers Conference

Pela primeira vez no Recife, o The Developers Conference já excedeu as expectativas quanto ao número de inscritos. Voltado para desenvolvedores de software, o evento teve mais de três mil inscritos, 110 coordenadores, mais de 400 palestrantes e empresas de vários lugares do Brasil e do mundo.

Fundadora do TDC, Yara Senger falou sobre a edição pernambucana do evento. “Nosso plano é de fato fazer com que o evento seja de calendário, fortalecendo todo o ecossistema do Nordeste”, disse.

Além das atividades da Intel, um espaço para “meeting” de desenvolvedores e empresas interessadas foi realizado próximo ao bloco G da Unicap. Trilhas para Android, Games, Python e outros temas aconteceram pela universidade, reunindo públicos diversos. 

Veja também

Mega-Sena acumula e pagará R$ 43 milhões na quarta-feira
Loteria

Mega-Sena acumula e pagará R$ 43 milhões na quarta-feira

Ferreira Costa oferece cursos de pintura online e gratuitos
Oportunidade

Ferreira Costa oferece cursos de pintura online e gratuitos