IPC-S: inflação semanal fica praticamente estável em 0,63%

Segundo dados divulgados, na terceira quadrissemana deste mês, três das oito classes de despesa componentes do índice apresentaram acréscimo em suas taxas de variação

InflaçãoInflação - Foto: Marcos Santos/USP Imagens

A inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) relativa à terceira quadrissemana de janeiro ficou praticamente estável ao subir apenas 0,01 ponto percentual em relação à semana imediatamente anterior. O índice ficou em 0,63%.

Segundo dados divulgados nesta segunda-feira (23), pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre-FGV), na terceira quadrissemana deste mês, três das oito classes de despesa componentes do índice apresentaram acréscimo em suas taxas de variação.

A maior contribuição partiu do grupo habitação, cujos índices passaram de 0,01% para 0,18%, alta de 0,17 ponto percentual – impulsionada pelo item relativo à tarifa de eletricidade residencial, que passou de -2,55% para -1,32%.

Também registraram acréscimo em suas taxas de variação os grupos: Educação, Leitura e Recreação (1,95% para 2,53%) e Comunicação (0,36% para 0,40%). Nestas classes de despesa, vale destacar o comportamento dos itens: cursos formais (3,75% para 5,78%) e tarifa de telefone móvel (0,54% para 0,86%), respectivamente.

Em contrapartida, entre as cinco classes de despesas que contribuíram para a estabilização dos preços destaca-se o grupo dos alimentos, que registrou queda de 0,13 ponto percentual entre uma semana e outra: de 0,77% para 0,64%. Os índices também recuaram nos grupos transportes (1,06% para 0,88%), saúde e cuidados pessoais (0,56% para 0,46%), vestuário (-0,41% para -0,49%) e despesas diversas (0,92% para 0,66%).

Veja também

Prazo para contestar auxílio emergencial negado no dia 10 acaba nesta quinta (22)
Auxílio Emergencial

Prazo para contestar auxílio emergencial negado no dia 10 acaba nesta quinta (22)

BC aprova obrigatoriedade dos bancos ofertarem Pix por agendamento
Economia

BC aprova obrigatoriedade dos bancos ofertarem Pix por agendamento