Economia

IPVA fica mais barato em 2017

Dessa forma, proprietários de automóveis pagarão, em 2017, 4,5% a menos do que neste ano, os de moto terão uma redução de 2,7%, enquanto que os utilitários tiveram redução de 4,2%, e os caminhões de 6,3%

Prefeitura de Olinda e Senac oferecerão cursos profissionalizantesPrefeitura de Olinda e Senac oferecerão cursos profissionalizantes - Foto: Alice Mafra

Com uma redução geral de 3,8%, a lista dos valores do Imposto sobre Propriedade de Veículo Automotor (IPVA) foi publicada na última quarta-feira (29) no Diário Oficial do Estado e será divulgada no site do Departamen­­­­to Estadual de Trânsito (Detran) a partir de 1º de janeiro. O corte no valor do tributo se dá pela queda no va­­­­lor venal dos veículos calculado pela Fundação Instituto de Pesquisas Aplicáveis (Fipe) em 2016 na comparação com 2015.

Dessa forma, proprietários de automóveis pagarão, em 2017, 4,5% a menos do que neste ano, os de moto terão uma redução de 2,7%, enquanto que os utilitários tiveram redução de 4,2%, e os caminhões de 6,3%.

Além disso, o desconto para quem pagar o imposto em cota única está maior em 2017, passando de 5% para 7%. Em 2016, o IPVA gerou uma receita de R$ 1 bilhão aos cofres do Estado. Metade da verba foi repassada para os 184 municípios pernambucanos e o mesmo repertirá em 2017. Atualmente, Pernambuco tem uma frota de 2.429.237 veículos, sendo 1.040.905 automóveis e 1.044.765 motocicletas e similares. Entre os valores mais caros, estão a Ferrari FF fabricada em 2016, que é tributada em R$ 131.906,88.

O prazo para pagamento da cota única do IPVA foi antecipado para o mês de fevereiro, com a data de acordo com o número final da placa do veículo. A justificativa é gerar uma receita para as prefeituras que estão em dificuldade financeira logo no início do ano.

Bombeiros

A Taxa de Prevenção e Extinção de Incêndio (TPEI), mais conhecida como Taxa de Bombeiros, sofrerá aumento a partir do próximo ano. O reajuste foi publicado no Diário Oficial do Estado de ontem e leva em consideração o Índice de Preço ao Consumidor Am­plo (IPCA) calculado entre novembro de 2015 e novembro de 2016, que foi 6,99%.

Para os usuários, os novos valores só passam a valer a partir de agosto, quando começam a chegar às suas residências, comércios e indústrias os respectivos boletos de pagamento. Os valores poderão ser divididos em até quatro vezes ou pagos em uma única parcela com incentivo de 10% de desconto.

Veja também

Vallourec anuncia 3.000 demissões no mundo e transferência de atividades ao Brasil
indústria

Vallourec anuncia 3.000 demissões no mundo e transferência de atividades ao Brasil

Tribunal de Contas da União aprova privatização da Eletrobras
Eletrobras

Tribunal de Contas da União aprova privatização, saiba quais serão os próximos passos