IPVA fica mais barato em 2017

Dessa forma, proprietários de automóveis pagarão, em 2017, 4,5% a menos do que neste ano, os de moto terão uma redução de 2,7%, enquanto que os utilitários tiveram redução de 4,2%, e os caminhões de 6,3%

Prefeitura de Olinda e Senac oferecerão cursos profissionalizantesPrefeitura de Olinda e Senac oferecerão cursos profissionalizantes - Foto: Alice Mafra

Com uma redução geral de 3,8%, a lista dos valores do Imposto sobre Propriedade de Veículo Automotor (IPVA) foi publicada na última quarta-feira (29) no Diário Oficial do Estado e será divulgada no site do Departamen­­­­to Estadual de Trânsito (Detran) a partir de 1º de janeiro. O corte no valor do tributo se dá pela queda no va­­­­lor venal dos veículos calculado pela Fundação Instituto de Pesquisas Aplicáveis (Fipe) em 2016 na comparação com 2015.

Dessa forma, proprietários de automóveis pagarão, em 2017, 4,5% a menos do que neste ano, os de moto terão uma redução de 2,7%, enquanto que os utilitários tiveram redução de 4,2%, e os caminhões de 6,3%.

Além disso, o desconto para quem pagar o imposto em cota única está maior em 2017, passando de 5% para 7%. Em 2016, o IPVA gerou uma receita de R$ 1 bilhão aos cofres do Estado. Metade da verba foi repassada para os 184 municípios pernambucanos e o mesmo repertirá em 2017. Atualmente, Pernambuco tem uma frota de 2.429.237 veículos, sendo 1.040.905 automóveis e 1.044.765 motocicletas e similares. Entre os valores mais caros, estão a Ferrari FF fabricada em 2016, que é tributada em R$ 131.906,88.

O prazo para pagamento da cota única do IPVA foi antecipado para o mês de fevereiro, com a data de acordo com o número final da placa do veículo. A justificativa é gerar uma receita para as prefeituras que estão em dificuldade financeira logo no início do ano.

Bombeiros

A Taxa de Prevenção e Extinção de Incêndio (TPEI), mais conhecida como Taxa de Bombeiros, sofrerá aumento a partir do próximo ano. O reajuste foi publicado no Diário Oficial do Estado de ontem e leva em consideração o Índice de Preço ao Consumidor Am­plo (IPCA) calculado entre novembro de 2015 e novembro de 2016, que foi 6,99%.

Para os usuários, os novos valores só passam a valer a partir de agosto, quando começam a chegar às suas residências, comércios e indústrias os respectivos boletos de pagamento. Os valores poderão ser divididos em até quatro vezes ou pagos em uma única parcela com incentivo de 10% de desconto.

Veja também

Bolsa fecha acima dos 120 mil pontos pela primeira vez desde fevereiro
Economia

Bolsa fecha acima dos 120 mil pontos pela primeira vez desde fevereiro

Dólar fecha abaixo de R$ 5,70 com alívio no exterior
Economia

Dólar fecha abaixo de R$ 5,70 com alívio no exterior