Italiana Enel formaliza aquisição do controle acionário da Celg em Goiás

De acordo com o BNDES, o processo de privatização da Celg-D foi iniciado em maio de 2015

A multinacional italiana Enel formalizou nesta terça-feira (14), em Goiânia, a aquisição do controle acionário da Celg-D, distribuidora de energia elétrica do Estado de Goiás. O contrato foi assinado na presença do governador goiano Marconi Perillo, dos executivos Lívio Gallo e Carlos Zorzolli, da Enel, e do superintendente da Área de Desestatização do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), Rodolfo Torres dos Santos. O anúncio foi feito no Rio, pelo banco, que assessorou tecnicamente o Ministério de Minas e Energia durante todo o processo. As informações são da Agência Brasil.

De acordo com o BNDES, o processo de privatização da Celg-D foi iniciado em maio de 2015. Naquele mês, a companhia foi incluída no PND (Programa Nacional de Desestatização), tendo o leilão ocorrido na BM&F/Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo) no dia 30 de novembro do ano passado.

A Enel ofertou R$ 2,187 bilhões pelo controle da Celg-D, o que representou um ágio de 28% sobre o valor mínimo fixado para o pregão, de R$ 1,708 bilhão. A operação de privatização foi estruturada pela IFC (International Finance Corporation), braço financeiro do Banco Mundial, contratada pelo BNDES.

Segundo o BNDES, a Enel Brasil comprou cerca de 94,8% do capital social da Celg-D que pertenciam à holding do setor elétrico Eletrobras e ao governo de Goiás. O processo de privatização da distribuidora será concluído com a oferta de 5,09% das ações aos funcionários da ativa e aposentados da empresa. Eventuais sobras serão adquiridas pelo novo controlador, que promete investir na melhoria do atendimento e na expansão da cobertura de distribuição de energia, inclusive aquelas provenientes de fontes alternativas.

A Enel Brasil já atua nos estados do Rio de Janeiro e Ceará, atendendo a 250 municípios, e passará agora a atender também a 237 cidades goianas. A compra da Celg D permitirá à Enel expandir a sua base de clientes de sete milhões para dez milhões.

Veja também

Equipe de Guedes planeja corte na pasta de Marinho para atender ao Congresso
Economia

Equipe de Guedes planeja corte na pasta de Marinho para atender ao Congresso

Caixa sorteia neste sábado (17) R$ 40 milhões da Mega-Sena acumulada
Loteria

Caixa sorteia hoje R$ 40 milhões da Mega-Sena acumulada