Japão critica a política comercial dos Estados Unidos

Tóquio usou palavras duras e pouco frequentes para criticar a política comercial de Donald Tump, durante reunião do G7

Trabalhador checa rolos de alumínio numa fábrica em Zouping, na ChinaTrabalhador checa rolos de alumínio numa fábrica em Zouping, na China - Foto: AFP

As tarifas impostas pelo governo dos Estados Unidos aos aliados mais próximos pode ter um grave impacto nas relações e no sistema de comércio mundial, afirmou o governo japonês, que considera a situação "extremamente deplorável".

O governo americano ficou isolado em uma reunião de ministros das Finanças do G7 no fim de semana no Canadá, que tinha como objetivo abordar as tarifas de importação ao aço e alumínio. Tóquio usou palavras duras e pouco frequentes para criticar a política comercial de Donald Tump.

"É extremamente deplorável que a situação não tenha melhorado, mesmo depois que o Japão explicou aos Estados Unidos suas preocupações em vários níveis", disse o porta-voz do governo, Yoshihide Suga.

Leia também:
Investidores brasileiros buscam visto de residência nos EUA
EUA anunciam tarifas ao aço e alumínio da UE, Canadá e México

A relação entre Tóquio e Washington, até agora aliados próximos, foi afetada pelas recentes divergências no comércio, depois que o governo dos Estados Unidos se negou a dar ao Japão uma isenção tarifária, que entrou em vigor na sexta-feira. "As medidas comerciais do governo dos Estados Unidos, citando sua segurança, nos preocupam pela possibilidade de perturbar o mercado global", declarou Suga.

"Além disso, acreditamos que pode ter um grave impacto na cooperação econômica entre os aliados do Japão e os Estados Unidos e, em geral, no sistema de comércio multilateral sob as regras da OMC (Organização Mundial do Comércio)".

Veja também

China contribuiu com mais da metade do superávit comercial do Brasil
Economia

China contribuiu com mais da metade do superávit comercial do Brasil

Governo aumentou imposto sobre cilindro de oxigênio três semanas antes de colapso no AM
Tributos

Governo aumentou imposto sobre cilindro de oxigênio três semanas antes de colapso no AM