Japão pede que G20 lidere ações para recuperar economia global

O G20 é um grupo formado por ministros de finanças e chefes dos bancos centrais das 19 maiores economias do mundo, mais a União Europeia

Primeiro-ministro do Japão, Shinzo AbePrimeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe - Foto: CHARLY TRIBALLEAU / AFP

O primeiro-ministro do Japão, Abe Shinzo, afirmou que as nações do Grupo dos 20 devem desempenhar um papel de liderança na ajuda para que a economia global se recupere rapidamente da pandemia de novo coronavírus. O G20 é um grupo formado por ministros de finanças e chefes dos bancos centrais das 19 maiores economias do mundo, mais a União Europeia.

Ele fez o comentário em uma mensagem de vídeo mostrada em uma conferência online das Nações Unidas. Afirmou que há necessidade de uma abordagem que garanta “segurança humanitária a todos”, não deixando qualquer pessoa para trás, mesmo os mais vulneráveis. Disse ser vital não apenas desenvolver e produzir tratamentos e vacinas, mas também garantir seu acesso justo.

Leia também:
Coronavírus revelou carências sistêmicas dos serviços de saúde, afirma G20
Em reunião do G20, ministro da Saúde reconhece papel da OMS
Pandemia acelera na América Latina, enquanto o mundo reabre economia


Abe afirmou que, para o mundo pós-Covid-19, é necessário considerar medidas que ajudem a retomada das atividades econômicas e recuperação, especialmente em países em desenvolvimento fortemente atingidos pela crise.

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

Veja também

Morre Roberto Mergulhão, proprietário do restaurante La Fondue, vítima de Covid-19
Luto

Morre Roberto Mergulhão, proprietário do restaurante La Fondue, vítima de Covid-19

Caixa paga hoje auxílio emergencial a nascidos em agosto
Economia

Caixa paga hoje auxílio emergencial a nascidos em agosto