Jeep Renegade 2019 chega reestilizada

Versão 2019 ganhou mudanças no design e em tecnologia. A novidade na dianteira fica por conta da grade de sete fendas que ficaram mais largas.

Versão 2019 do Jeep RenegadeVersão 2019 do Jeep Renegade - Foto: Divulgação/Jeep

Há três anos e meio no mercado, o Jeep Renegade ganhou sua primeira reestilização. Mas, como em time que está ganhando não se mexe, as mudanças foram sutis. São detalhes de design e tecnologia que dão uma personalidade ainda mais robusta e conectada ao SUV fabricado em Goiana, na Região Metropolitana do Recife. Além de atualizações na gama do veículo, que passa a ter menos versões, mas preços mais atrativos.

O Renegade 2019 será vendido em quatro opções flex e duas diesel, que vão de R$ 78,4 mil a R$ 136,4 mil. Saem de campo, então, as opções Custom, Night Eagle e Limited 2.0. E a Sport 1.8, que custa R$ 78,4 mil com câmbio manual e R$ 84 mil com transmissão automática de seis velocidades, assume o posto de versão de entrada do SUV. Além dela, seguem no mercado as versões Longitude e Limited - ambas com motor 1.8 flex - e as opções diesel de motor 2.0 e transmissão automática de nove velocidades Longitude e Trailhawk.

Leia também:
[Vídeo] Jeep Renegade é reestilizado na linha 2019
Jeep lidera vendas de SUVs no Brasil


Todas as versões, contudo, trazem um visual novo. É um design que preserva a identidade Jeep, deixando-a ainda mais imponente. Na dianteira, a novidade está na grade de sete fendas, que está mais larga, e nos faróis, que foram elevados e ganharam uma moldura mais fechada - mais parecida com as dos primeiros carros da Jeep, que encobriam seus faróis para não serem descobertos pelos aviões militares na Segunda Guerra Mundial. Aqui, porém, os faróis estão ainda mais luminosos, pois agora são full led nas versões Limited e Trailhawk.

Também há novidades no desenho das rodas, que foram atualizadas e ganharam novas opções de cor - destaque para as do Limited, que agora são de 19’’. Já na traseira, a única mudança está na abertura do porta-malas, que foi elevado para facilitar o acesso ao compartimento de cargas, que passa a transportar 320 litros em todas as versões.
No interior, a principal atualização é a da central multimídia, que cresceu. Com 8,4 polegadas a partir da versão Longitude, a tela agora é a maior da categoria e ganhou novas funcionalidades, como o espelhamento do celular. Além disso, o já confortável e espaçoso Renegade ganhou mais porta-objetos.

O conjunto mecânico, porém, não mudou, pois os motores 1.3 turbo que foram apresentados na Europa ainda não chegaram por aqui. O Renegade continua, então, com os motores 1.8 Flex e 2.0 Turbo Diesel que fazem 139 e 170 cavalos de potência, respectivamente. São motores que garantem esportividade e disposição na estrada, mas que nem sempre apresentam um consumo satisfatório na cidade. Para compensar, o SUV ganhou um ângulo de ataque maior, de 28º nas versões flex e de 30º nas diesel, que deixa o Renegade ainda mais apto a encarar os obstáculos do caminho.

Veja também

Apostador de Fortaleza acerta os seis números sorteados na Mega-Sena
Loteria

Apostador de Fortaleza acerta os seis números da Mega-Sena

Secretários de Fazenda apelam ao Congresso pela prorrogação do auxílio emergencial
Benefício

Secretários de Fazenda apelam ao Congresso pela prorrogação do auxílio emergencial