Jeep vai mobilizar recursos e estrutura no combate ao coronavírus em Pernambuco

Entre as ações, estão construção de um hospital de campanha em Goiana, produção de protetores faciais plásticos e doações de álcool em gel e equipamentos

Jeep, em GoianaJeep, em Goiana - Foto: Divulgação

Em um momento importante de unir ações no combate à pandemia do coronavírus, uma empresa automotiva anunciou uma série de iniciativas para ajudar a situação em Pernambuco. A Fiat Chrysler Automóveis (FCA), que tem seu Polo Automotivo da Jeep, em Goiana, Região Metropolitana do Recife (RMR), vai desenvolver estrutura e recursos para ampliar a segurança na saúde de pernambucanos. Será um suporte para os governos contra a propagação da doença. Atualmente, a Jeep parou sua produção no Brasil e deve retomar no dia 21 de abril.

Uma das principais medidas será a construção de um hospital de campanha no prédio da UPAE que a FCA tinha construído, mas que ainda não estava em funcionamento. A companhia vai equipar o hospital para abrigar 100 leitos e o Governo de Pernambuco vai colocar em operação e gerir o equipamento. "Vamos comprar armários, camas, banheiros e a estrutura necessária para atender pacientes do coronavírus. É uma ação solidária em um momento que deve ser solidário", comentou o presidente da FCA para a América Latina, Antonio Filosa, ao complementar que a expectativa é que esse hospital fique pronto na segunda quinzena de abril.

A FCA também está mobilizando funcionários para manusear suas impressoras 3D das fábricas - que são utilizadas para moldar peças e protótipos - e produzir protetores faciais plásticos. Esse material é utilizado por profissionais de saúde que trabalham no atendimento a pacientes com a Covid-19. "Nossa área de engenharia desenvolveu o projeto para fazermos esses protetores. Serão produzidas mais de 2000 máscaras durantes três meses para aos serviços de saúde de Pernambuco e Minas Gerais. Se precisar, faremos mais", contou Filosa. A FCA tem uma fábrica da Fiat em Betim, Minas Gerais.

Leia também:
Pesquisadores brasileiros buscam moléculas para combater a Covid-19
Respiradores mecânicos em desuso em Pernambuco serão recuperados para enfrentar coronavírus


Além disso, a empresa está mobilizando recursos e profissionais para acelerar a produção de ventiladores pulmonares no Brasil. A FCA está dando suporte a fabricantes nacionais do equipamento para identificar suas necessidades na produção dos ventiladores, que auxiliam os pacientes com insuficiência respiratória. Segundo Filosa, Pernambuco tem 200 ventiladores a serem recuperados.

Em parceria com fornecedores do Polo de Goiana, a FCA vai doar equipamentos de proteção individual a serem utilizados por profissionais da saúde. Já foram entregues ao SAMU 615 macacões de segurança, 2,5 mil pares de luvas nitrílicas, 10 protetores faciais e mais. Será doado para a Secretaria de Saúde do Estado 30 mil máscaras cirúrgicas descartáveis e 50 quilos de álcool em gel.

Produção

O Polo Automotivo da Jeep em Goiana suspendeu sua produção desde o dia 27 de março. As atividades devem ser retomadas no dia 21 de abril. "A estimativa é que tenhamos queda nos próximos meses e uma retomada no fim do ano. Não estamos podendo vender, então perdemos fonte de caixa. Não estamos pensando em demissões, esse seria o último dos últimos recursos. Vamos retomar totalmente dia 21 deste mês pensando em mais dispositivos de segurança na saúde dos funcionários para podermos implantar. Se o pico da doença não tiver passado, podemos repensar essa retomada", comentou Filosa.

Veja também

Ipea: percentual de brasileiros em home office cai para 11,7% em julho
pesquisa

Ipea: percentual de brasileiros em home office cai para 11,7% em julho

Governo avalia ampliar cobrança de taxa na Zona Franca para financiar fundo verde
economia

Governo avalia ampliar cobrança de taxa na Zona Franca para financiar fundo verde