Leilão da Ceal é adiado para o dia 28 de dezembro

Privatização estava suspensa por liminar do ministro do STF a pedido do governo de Alagoas

Linhas de transmissãoLinhas de transmissão - Foto: Arquivo / Agência Brasil

O leilão de privatização da Companhia Energética de Alagoas (Ceal) foi adiado para o dia 28 de dezembro, informou nesta segunda-feira (17) a Eletrobras em comunicado ao mercado. Inicialmente, o certame estava marcado para próxima quarta-feira (19).

No comunicado, a Eletrobras não informou o motivo do adiamento. De acordo com o novo cronograma, a nova data de entrega dos documentos dos interessados na empresa será 27 de dezembro. A sessão pública para a abertura das propostas será realizada às 17h do dia 28.

A privatização da Ceal estava suspensa devido a uma liminar do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ricardo Lewandowski, a pedido do governo de Alagoas. O estado questiona na Justiça o não pagamento de repasses por parte da União durante o processo de federalização da Ceal, no final da década de 1990. No final de novembro, o ministro revogou a liminar que impedia a realização do certame.

Leia também:
Liminar tenta suspender leilão da distribuidora da Eletrobras
Amazonas Energia é arrematada em leilão
Supremo autoriza leilão de distribuidora da Eletrobrás em Alagoas
Governo abre consulta pública para leilão de energia que eleva conta de luz


A Ceal será a última de seis distribuidoras da Eletrobras a ser privatizada. A, penúltima, a Amazonas Energia, foi arrematada em leilão pelo consórcio formado pela Oliveira Energia e a Atem, no último dia 10 após diversos adiamentos do leilão. O certame foi marcado por diversos questionamentos na Justiça.

Ainda na segunda-feira da semana passada, uma decisão do desembargador Marcos de Oliveira Cavalcante, do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 1ª Região, chegou a suspender os efeitos do leilão. Dois dias depois, o presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST), João Batista Brito Pereira, validou a venda da distribuidora.

Veja também

China contribuiu com mais da metade do superávit comercial do Brasil
Economia

China contribuiu com mais da metade do superávit comercial do Brasil

Governo aumentou imposto sobre cilindro de oxigênio três semanas antes de colapso no AM
Tributos

Governo aumentou imposto sobre cilindro de oxigênio três semanas antes de colapso no AM