A-A+

Pecuária

Leilão ExpoCarpina será realizado ainda este mês

Xexéu, na Mata Sul, vai receber o 9º Leilão Ex­poCarpina e o 2º Shopping Vila Rica, que devem movimentar cerca de R$ 2,8 milhões este ano

Empresários visitaram a Folha para divulgar os eventos e promover a pecuária pernambucanaEmpresários visitaram a Folha para divulgar os eventos e promover a pecuária pernambucana - Foto: Rafael Furtado/Folha de Pernambuco

O município de Xexéu, na Zona da Mata Sul de Pernambuco, vai receber no dia 25 de setembro o 9º Leilão ExpoCarpina e o 2º Shopping Vila Rica. Os eventos vão promover a ven­da de gado e de itens genéticos pe­cuários, com o intuito de desen­volver a pecuária pernambucana. A expectativa é que cerca de R$ 2,8 milhões sejam movimentados, sendo R$ 2 milhões no leilão e R$ 800 mil na realização do shopping.

Os dois eventos são organizados pela Agropecuária Vila Rica de Xexéu e contam com o apoio da Sociedade Nordestina de Criadores, além do incentivo de outros pecuaristas. O Shopping Vila Rica acontece às 9h e vai contar com itens genéticos dos tipos tourinhos e novilhas, com animais presentes no local. O Leilão começará a partir das 13h e será realizado de forma virtual, com a apresentação dos animais por meio de vídeos. Toda a programação vai ocorrer na Agropecuária Vila Rica.

Em visita à Folha de Pernambuco, onde foram recebidos pelo diretor executivo, Paulo Pugliesi, os pecuaristas que estão comandando os eventos destacaram como o leilão e o shopping podem contribuir para o desenvolvimento da pecuária pernambucana.

Destaque para genética
“O shopping que estamos promovendo está na sua segunda edição, com o intuito de disseminar a genética de Vila Rica no Estado, dando oportunidade de adquirir animais superiores. Os clientes pedem para ceder mais o material genético já que a pecuária está com pujança. Essa é uma oportunidade diferenciada para adquirir bons animais”, disse José Adolfo, da Agropecuária Vila Rica e um dos organizadores dos eventos.

José Adolfo destaca ainda que os eventos mostram o potencial que a pecuária pernambucana está tomando. “Conseguimos formar encontro de pecuaristas para realizar uma troca de ideias e daí vão surgindo novos negócios e eventos. A pecuária está tomando um rumo muito forte, com um alto nível técnico. As pessoas estão procurando animais maiores com uma produção melhor. É um momento favorável para buscar uma boa comercialização”, destacou.

Oportunidades no agronegócio
Segundo o presidente da Sociedade Nordestina de Criadores, Delmiro Gouveia, eventos como esses mostram o crescimento da pecuária e são importantes para estimular ainda mais o desenvolvimento do setor. “No contexto da evolução do agronegócio, viu-se a oportunidade de aproveitar a bovinocultura. Estamos em busca de divulgar de forma massiva o desenvolvimento da atividade no Estado. Todo o setor coopera com o crescimento”, afirmou.

Também participaram na visita à Folha, junto com Delmiro Gouveia e José Adolfo; Beto Coutinho, da Agropecuária BC; Frederico Pessoa de Queiroz, também da Agropecuária Vila Rica; Roy Azevedo, do Rancho Diamante de Carpina; e Edval Rêgo Júnior, da EGR Agropecuária de Carpina.  

Veja também

Com faturamento de R$ 41 bi, mercado pet já vende mais que linha branca
Economia

Com faturamento de R$ 41 bi, mercado pet já vende mais que linha branca

Agenda social ainda é pilar frágil no agro mesmo com avanços
Agronegócio

Agenda social ainda é pilar frágil no agro mesmo com avanços