Agreste

Licitação liberada: requalificação do Aeroporto de Garanhuns terá investimento de R$ 3,8 milhões

O valor será usado na recuperação da pista e dos terminais de passageiros; iluminação e sinalização também estão previstas no projeto

Aeroporto deve passar a integrar polo de aviação da regiãoAeroporto deve passar a integrar polo de aviação da região - Foto: Heudis Regis/SEI

Leia também

• Idoso em 'cinquentinha' morre após colidir com caminhonete na BR-424, em Garanhuns

• PMs salvam recém-nascida de sufocamento em Garanhuns

• Militares promovem capacitação de agentes para desinfecção de locais públicos em Garanhuns

Foi liberado, nesta sexta-feira (23), o início do processo de requalificação do Aeroporto de Garanhuns, no Agreste do Estado. Com investimento de cerca de R$ 3,8 milhões, serão feitas a reconstrução do pavimento da pista de pouso e a recuperação do terminal de passageiros, além de serviços de manutenção, que incluem limpeza, recuperação de cercas e implementação de sinalização. 

As melhorias, segundo a secretária estadual de Infraestrutura e Recursos Hídricos, Fernandha Batista, trarão mais segurança e movimentação ao equipamento. “Isso vai permitir que o Estado aumente a atratividade das companhias aéreas para fazerem uma operação também aqui no Agreste Meridional”, pontua. 

Ao tornar o aeroporto atrativo, o governador Paulo Câmara prevê investimentos do setor de aviação na região. “É um movimento muito importante que, com certeza, vai atrair empresas aéreas. Garanhuns vai se juntar a um corredor já existente, formado por Petrolina, Recife, Caruaru e Serra Talhada”, explica. Estas duas últimas cidades devem, inclusive, receber voos da Azul Linhas Aéreas a partir de novembro. O anúncio da requalificação foi feio durante passagem do governador pela região. 

Não foi dada previsão para o início das melhorias. 

Sistema de Abastecimento de Água

Também durante a visita a Garanhuns, Paulo Câmara vistoriou as obras do Sistema de Abastecimento de Água (SAA). Orçado em aproximadamente R$ 18 milhões, o projeto prevê a construção de quatro reservatórios e a ampliação das tubulações. A expectativa é que, com as mudanças, 120 mil moradores do município, que vivem em situação de rodízio, passem a receber água nas torneiras diariamente. Os serviços devem durar até setembro do próximo ano. 

Capoeiras e Caetés 

As obras de implementação e pavimentação da PE-193, que liga os municípios de Capoeiras e Caetés, ainda no Agreste, também foram visitadas pelo governador. Estão sendo reformados com terraplanagem, pavimentação e sinalização 5,2 km de estrada. A requalificação deve custar R$ 5,6 milhões e está para ser entregue aos moradores da área dentro de quatro meses. 

Veja também

Banco Central altera norma para segunda fase do open banking
Economia

BC altera norma para segunda fase do open banking

Caixa sorteia R$ 30 milhões da Dupla-Sena da Páscoa neste sábado
Sorteio

Caixa sorteia R$ 30 milhões da Dupla-Sena da Páscoa neste sábado