LinkedIn: muito além das vagas de emprego

Além de ser uma ferramenta para achar um emprego, a rede social pode ser uma boa oportunidade para melhorar o relacionamento para os negócios

LinkedIn, popular rede social de empregosLinkedIn, popular rede social de empregos - Foto: Pixabay/Reprodução

O LinkedIn, rede social de negócios fundada em 2002, mudou seu perfil nos últimos anos. Além de ser uma ferramenta para achar um emprego, é possível também trocar informações e conhecimentos, artigos e outros tipos de conteúdo. E mais importante: ser visto. A rede pode também ser um ótimo lugar para tornar-se conhecido na área, refletindo no próprio negócio, na perspectiva do empreendedor.

Em Pernambuco, a plataforma possui 635 mil perfis inscritos, além de 10 mil vagas e 700 empresas locais (que têm base no Estado). Grande fluxo de informações, cronológicas, que pode ser um ótimo espaço para iniciar conversas e adquirir novas ideias para o próprio negócio.

Alan Schulte, Head de Relacionamento do Linkedin para a América Latina, fala sobre quais as melhores dicas para quem já tem ou quer começar um perfil na plataforma. “Definitivamente, quanto mais conteúdo, melhor. Além disso, curtir e comentar posts, demonstrando uma boa atividade no perfil também auxilia em uma melhor visibilidade”, diz o especialista.

Leia também 
Redes sociais aliadas do pequeno empreendedor
Palestra com gestor do LinkedIn ajuda empresas a usar mídias sociais
Quer criar uma startup? Veja dicas e alertas de especialistas na área 

Muitas pessoas postam uma foto na praia, ou em outros lugares que não são os ideais. Mas é necessário prezar pela qualidade e também o contexto. “Outro ponto importante e inicial para quem quer otimizar seu perfil é associar a sua conta com a da empresa”, afirma Schulte.

Na ferramenta, é possível selecionar o local de trabalho, com o período de experiência, e inserir diversos links com a empresa. Além disso, no perfil da própria empresa no LinkedIn, artigos e ações realizadas, com fotos, são bem-vindos. 

Veja também

Trabalhadores nascidos em junho podem sacar auxílio emergencial
auxílio emergencial

Trabalhadores nascidos em junho podem sacar auxílio emergencial

Crise econômica só passa se crise sanitária for resolvida, diz chefe da Stellantis na América Latina
ENTREVISTA

Crise econômica só passa se crise sanitária for resolvida, diz chefe da Stellantis na América Latina