Lucro do Banco do Brasil sobe 25,6% e atinge R$ 3,4 bi

Resultado, divulgado nesta quinta-feira, é referente ao terceiro trimestre deste ano

Banco do Brasil  Banco do Brasil  - Foto: Arquivo/Agência Brasil

O Banco do Brasil reportou nesta quinta-feira (8) lucro líquido ajustado de R$ 3,4 bilhões no terceiro trimestre, um aumento de 25,6% em relação ao mesmo período do ano passado. Na comparação com o segundo trimestre de 2018, o avanço foi de 5%.

O resultado foi impulsionado pela redução das despesas de provisão de crédito, além de um aumento das rendas de tarifas acima da inflação e pelo controle de custos, que variaram abaixo da inflação.

Leia também:
Banco do Brasil comunica saída de Caffarelli da presidência
Lucro do Banco do Brasil sobe 22,3% no 2º trimestre, para R$ 3,2 bilhões


As despesas com provisão contra calote passaram de R$ 6,3 bilhões no terceiro trimestre de 2017 e R$ 5,1 bilhões no segundo trimestre deste ano para R$ 4,9 bilhões agora. As receitas com serviços somaram R$ 6,9 bilhões, alta de 4,7% em relação a 2017. Já as despesas com pessoal, de R$ 4,8 bilhões, e administrativas, R$ 3,6 bilhões, ligeiramente abaixo do ano passado.

A carteira de crédito do BB somou R$ 630,4 bilhões no terceiro trimestre, praticamente estável em relação aos R$ 629,4 bilhões de igual período de 2017.

Veja também

Fretamento aéreo vive seu pior momento em Manaus
Amazonas

Fretamento aéreo vive seu pior momento em Manaus

Governo estuda desoneração linear para gerar emprego
Economia

Governo estuda desoneração linear para gerar emprego