BRASIL

Lula lança Plano Safra com R$ 77 bi para Agricultura Familiar

Presidente também assinou decretos que retomam as políticas de acesso à terra

Lula durante cerimônia de relançamento do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e de Recriação do Conselho Nacional de Desenvolvimento Rural Sustentável (CONDRAF) Lula durante cerimônia de relançamento do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e de Recriação do Conselho Nacional de Desenvolvimento Rural Sustentável (CONDRAF)  - Foto: Ricardo Stuckert/PR

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) lança nesta quarta-feira (28) o Plano Safra da Agricultura Familiar, com R$ 77,7 bilhões para o crédito rural para a safra de 2023/2024.

O governo vai investir em ações de compras públicas, assistência técnica e extensão rural, Política de Garantia de Preços Mínimos para os Produtos da Sociobiodiversidade (PGPM-Bio), Garantia-Safra e Proagro Mais.

O evento de lançamento do Plano Safra aconteceu no Salão Nobre do Palácio do Planalto. O presidente Lula estava acompanhado pela representante do MST, Teresinha Dellazeri; pela primeira-dama Janja da Silva; e pelos ministros Fernando Haddad (Fazenda), Paulo Teixeira (Desenvolvimento Agrário), Carlos Fávaro (Agricultura), Marina Silva (Meio Ambiente), Márcia Macêdo (Secretaria-Geral) e Luciana Santos (Ciência e Tecnologia).

Segundo informações do Palácio do Planalto, o governo vai reduzir para 4% ao ano a taxa de juros para produtores de arroz, feijão, mandioca, tomate, leite, ovos, entre outros alimentos. As alíquotas do Proagro Mais — o Programa de Garantia da Atividade Agropecuária — vão cair 50% para a produção de alimentos.

Além disso, agricultores familiares que optem pela produção sustentável de alimentos saudáveis terão juros de 3% ao ano no custeio e 4% no investimento.
 

Microcrédito produtivo
O microcrédito produtivo é destinado para os agricultores familiares de baixa renda — chamado Pronaf B. Neste ano, a renda familiar anual para ser enquadrado neste segmento será ampliada de R$ 23 mil para R$ 40 mil e o limite de crédito passará a ser R$ 10 mil.

Para a compra de máquinas e implementos agrícolas, os juros serão de 4% ao ano.

Fomento Produtivo Rural
É um recurso não reembolsável destinado aos agricultores em situação de pobreza. Neste ano, vai aumentar de R$ 2,4 mil para R$ 4,6 mil por família.

Linha para Mulheres
O Pronaf Mulher terá um limite de financiamento de até R$ 25 mil por ano e taxa de juros de 4% ao ano. Poderão ter acesso ao financiamento agricultoras com renda anual de até R$ 100 mil.

Caso a agricultora também se enquadre no Pronaf B, o limite de financiamento chega a R$ 12 mil, com desconto de adimplência de 25% a 40%.

Quilombolas assentadas terão aumento no abatimento do Fomento Mulher de 80% para 90%.

Acesso à terras
Nesta quarta-feira, o presidente Lula também assinou decretos que retomam as políticas de acesso à terra. De acordo com o Palácio do Planalto, para garantir o investimento do assentado na produção, o governo vai garantir crédito para compras de itens de primeira necessidade, bens duráveis de uso doméstico ou equipamentos.

Dados gerais do Plano Safra da Agricultura Familiar 2023/2024

TOTAL

R$ 77,7 bilhões para a safra 2023/2024

Pronaf: R$ 71,6 bilhões

Proagro Mais: R$ 1,9 bilhões

Garantia Safra: R$ 960 milhões

PGPM-bio: R$ 50 milhões

Assistência Técnica e Extensão Rural: R$ 200 milhões

Compras Públicas: R$ 3 bilhões / Programa de Aquisição de Alimentos (PAA/MDS), Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE/FNDE) e PAA Compra Institucional

Veja também

Dois em cada três adultos são analfabetos financeiros
finanças

Dois em cada três adultos são analfabetos financeiros

Neoenergia Pernambuco solicita atualização cadastral
Neoenergia

Neoenergia Pernambuco solicita atualização cadastral

Newsletter