Lula

Lula: Não tenho medo de reitor; quero ter relação mais democrática possível

Lula defendeu as políticas do seu governo e listou alguns temas

O presidente LulaO presidente Lula - Foto: Youtube/Reprodução

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse que não tem "medo de reitor", ao fazer uma comparação do seu governo com a gestão do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) na relação com os servidores da educação.

Em evento no Maranhão, nesta sexta-feira, 21, Lula defendeu as políticas do seu governo e listou alguns temas, como o diálogo com os reitores.

"Vocês estão lembrados de um presidente que nunca recebeu um reitor na vida dele? Nunca recebeu um reitor. Eu, em apenas um ano e sete meses, já convidei duas reuniões de todos os reitores do Brasil, das universidades e dos institutos federais, porque eu não tenho medo de reitor", disse Lula.

Na sequência, o presidente fez uma referência ao seu dedo mínimo amputado e prosseguiu: "E esse dedo que falta não foram eles (os reitores) que morderam. Esse dedo eu perdi numa fábrica. E, portanto, eu quero ter uma relação, a mais democrática possível"

O presidente tem feito queixas em relação à greve nas universidades federais e, recentemente, pediu a reitores que revejam as motivações para a paralisação continuar.

Em uma solenidade de 10 de junho, no Palácio do Planalto, Lula chegou a dizer que não vê razões para a greve "durar o que está durando". Como contrapartida, Lula fez anúncios de investimentos em obras de infraestrutura nas instituições de ensino, como expansão dos campi.

Ontem, entrevista à Rádio Verdinha do Ceará, Lula disse que a mobilização dos servidores da educação "prejudica os alunos" e afirmou que o governo tem atendido a reivindicações de reajuste salarial.

"Nós demos 9% antecipado no ano passado. Eu, às vezes, fico triste, porque ninguém agradeceu os 9%, e estão fazendo uma greve dizendo que é por 4,5%, e que nós não demos nada esse ano", declarou, na ocasião.

Veja também

Mega-Sena 2.748: prêmio acumula pela terceira vez e chega a R$ 21 milhões
loteria

Mega-Sena 2.748: prêmio acumula pela terceira vez e chega a R$ 21 milhões

Lei que padroniza índices de correção e juros ainda gera dúvidas a especialistas
padrão

Lei que padroniza índices de correção e juros ainda gera dúvidas a especialistas

Newsletter