Economia

Mais de 1,3 milhão de pessoas deixaram os planos de saúde em 2016

No Nordeste, foram 103,9 mil vínculos rompidos, 39,6 mil apenas na Bahia

Plano de saúdePlano de saúde - Foto: Arquivo/Agência Brasil

O número de brasileiros que abandonaram os planos de saúde em 2016 caiu 2,8%, na comparação com o ano anterior. Foram 1,37 milhão de pessoas que deixaram os planos de saúde no ano passado, de acordo com o Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (IESS).

A Região Sudeste puxou a queda do total de beneficiários. Em 2016, 1,1 milhão dos que abandonaram os planos (79,9% do total do país) concentraram-se no Sudeste. Apenas no estado de São Paulo, 630,3 mil beneficiários deixaram de contar com o plano de saúde.

A Região Sul encerrou 2016 com 95,85 mil beneficiários a menos. A queda, de 1,4%, foi puxada pelo Paraná, que perdeu 41,3 mil vínculos (1,5%) no período analisado. No Centro-Oeste, 42,6 mil beneficiários deixaram seus planos, sendo 16 mil em Mato Grosso e 13,5 mil em Brasília. No Nordeste, foram 103,9 mil vínculos rompidos, 39,6 mil apenas na Bahia.

Para o superintendente executivo do IESS, Luiz Augusto Carneiro, o resultado negativo para o setor se deve ao cenário econômico desfavorável e à queda do nível de emprego no país, com a redução de postos de trabalho formais.

Veja também

Milhares de pessoas pedem que o G7 faça mais pelo clima na Alemanha
Meio Ambiente

Milhares de pessoas pedem que o G7 faça mais pelo clima na Alemanha

Painel Telebrasil discutirá 5G, internet 3,0 e sustentabilidade
Tecnologia e Games

Painel Telebrasil discutirá 5G, internet 3,0 e sustentabilidade