Mais de 6 milhões de pessoas em desemprego parcial no Reino Unido pela pandemia

Dados mostram que quase 20% da população ativa do país, constituída por 34,4 milhões de trabalhadores, está temporariamente sem trabalho

Desemprego no Reino UnidoDesemprego no Reino Unido - Foto: Oli Scarff/ AFP

Quase 6,3 milhões de pessoas entraram em desemprego parcial no Reino Unido, aproveitando a compensação de emergência criada pelo governo britânico para a crise do coronavírus, informou o ministro das Finanças, Rishi Sunak.

Isto representa quase 20% da população ativa do país, constituída por 34,4 milhões de trabalhadores, segundo as estatísticas mais recentes.

Leia também:
Brasil vive apagão estatístico sobre mercado de trabalho
Empregos de 5 milhões de trabalhadores formais são afetados após pandemia

Um total de 800.000 empresas aproveitaram o plano para evitar demissões durante a interrupção da atividade, pela qual o governo cobre 80% dos salários até 2.500 libras mensais, afirmou Sunak.

O plano deve prosseguir em vigor até o fim de junho, mas o ministro destacou que não será interrompido "da noite para o dia".

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

 

 

Veja também

Correios: relator propõe exclusividade de 5 anos para serviços postais e estabilidade de 18 meses
PRIVATIZAÇÃO

Correios: relator propõe exclusividade de 5 anos para serviços postais e estabilidade de 18 meses

Copom acelera ritmo de aperto com alta de 1 ponto na Selic, maior alta em 18 anos
taxa de juros

Copom acelera ritmo de aperto com alta de 1 ponto na Selic, maior alta em 18 anos