Meirelles diz que secretário do Tesouro dos EUA virá ao Brasil em março

Mnuchin prometeu olhar a situação do ingresso do Brasil na OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico)

O partido de Meirelles quer reduzir em 35% o tempo de propaganda na TV e no rádio de Alckmin (PSDB)O partido de Meirelles quer reduzir em 35% o tempo de propaganda na TV e no rádio de Alckmin (PSDB) - Foto: Reprodução/ Facebook

Maria Cristina Frias e Luciana Coelho, enviadas especiais da Folhapress

O secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Steven Mnuchin, pretende ir ao Brasil no mês de março, afirmou o ministro da Fazenda Henrique Meirelles. Meirelles manteve um encontro, nesta quinta-feira (25), com Mnuchin, às margens do encontro anual do Fórum Econômico Mundial, em Davos.

Os dois conversaram por cerca de 15 minutos. Segundo o brasileiro, a conversa foi "muito positiva". Mnuchin disse querer visitar o país e prometeu olhar a situação do ingresso do Brasil na OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico).

Leia também:
Bolsa brasileira intensifica alta após maioria confirmar condenação de Lula
Incerteza com eleições deve impactar crescimento do Brasil, diz FMI
Em Davos, Temer vende reformas e promete estabilidade após eleição


Os Estados Unidos têm sido um entrave à solicitação do Brasil de integrar o clube dos países ricos. Meirelles afirmou que os dois não conversaram sobre bitributação -questão no topo da pauta de empresários que atuam nos dois países. O assunto, afirmou, pode ficar para a visita em março.

"Ele está decidindo se vai antes ou depois do encontro do G-20, em Buenos Aires [nos dias 19 e 20 de março]."

Veja também

Milionários pedem que governos tributem ricos para pagar conta do coronavírus
Tributos

Milionários pedem que governos tributem ricos para pagar conta do coronavírus

Nova gasolina se torna obrigatória em agosto e deve ser mais cara
economia

Nova gasolina se torna obrigatória em agosto e deve ser mais cara